Symington Family Estates atribui bolsas a alunos da UTAD

  

Symington Family Estates  Créditos Reservados

Apoios destinam-se preferencialmente a estudantes naturais da Região Demarcada do Douro, dos cursos de Engenharia Agronómica e Enologia.

A Symington Family Estates, produtora de vinhos na Região Demarcada do Douro desde o século XIX, vai atribuir duas bolsas de estudo em cada ano letivo, no seguimento de um protocolo estabelecido com a Universidade de Trás os Montes e Alto Douro (UTAD), já com efeito a partir deste ano letivo. As bolsas são destinadas a estudantes dos cursos de Engenharia Agronómica e Enologia e cobrem o pagamento integral das propinas dos três anos da licenciatura.

A atribuição das duas bolsas de estudo será feita tendo em conta critérios específicos, dando preferência a estudantes provenientes da Região Demarcada do Douro. Um dos apoios é destinado a um aluno que, sem esta ajuda, não teria possibilidade para se inscrever naquela instituição de ensino, sendo a outra bolsa atribuída a um estudante com a média de curso momentânea mais elevada, nos referidos cursos. Em ambos os casos, o processo de seleção é da competência dos serviços da UTAD. Este protocolo terá a duração de, pelo menos, três anos letivos, com a atribuição de bolsas a um total de seis alunos, sendo prorrogável por períodos similares.

Paul Symington, CEO da empresa, realça a importância deste protocolo para o crescimento contínuo daquela região: "O futuro do Douro depende, em grande parte, dos seus engenheiros agrónomos e dos seus enólogos, e nós queremos ajudar os jovens da nossa região a acederem a estes excelentes cursos que estão a ser lecionados na UTAD".