Miguel Cadilhe vai ser Doutor Honoris Causa pela UTAD

  

miguel cadilhe destaque

A Universidade homenageia desta forma o mentor da candidatura do Douro a património Mundial.

A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) vai outorgar o grau doutor Honoris causa a Miguel Cadilhe, no próximo dia 24 de março. Segundo avança a UTAD, em comucado, a distinção prende-se "pela ideia e dinamização da candidatura do Alto Douro Vinhateiro como Património Mundial". 

No mesmo sentido, a UTAD tem vindo a prestar homenagem a diversas personalidades, através da atribuição do grau de Doutor Honoris Causa, que se destacaram neste processo. São os casos de Valente de Oliveira (pelo papel no PDRITM e na navegabilidade do Douro), de Luís Braga da Cruz (pela forma como compatibilizou o desenvolvimento económico, social e patrimonial) e ainda de João Nicolau de Almeida e Francisco Olazabal (enquanto enólogos e empreendedores).

A UTAD garante quer continuar a reconhecendo a dimensão humana do trabalho hercúleo do povo duriense que "ao longo dos séculos enfrentou a natureza venceu adversidades, e “construiu” um território de uma beleza ímpar enquanto paisagem evolutiva e viva”.