Semana da Indústria foi apresentada em Leiria

  

leirain1 3

Realizou-se hoje o lançamento oficial da Leiria-In - a Academia da Indústria, promovida pelo Instituto Politécnico de Leiria e pela Forum Estudante. Durante a sessão de apresentação, no Museu de Leiria, foi destacado o papel desta iniciativa na promoção do setor e da região. 

O vice-presidente do Instituto Politécnico de Leiria, Rui Pedrosa, começou por fazer referência ao local que acolheu esta conferência de imprensa. O Museu de Leiria, destacou, é um espaço que "agrega ciência, património e cultura". De igual forma, a Leiria-In assume-se como uma iniciativa que junta atividades destas áreas do saber, procurando "trazer mais jovens para a área da tecnologia". 


Vídeo resumo da edição de 2016

A edição de 2017 realiza-se entre os dias 10 e 15 de julho e será a quarta desta iniciativa do Politécnico de Leiria e da Forum Estudante. Durante esta semana, 50 alunos do ensino secundário poderão contactar com a realidade industrial e empresarial da região de Leiria. Assim, esta edição marca um número importante, destacou Rui Pedrosa: "serão já 200 jovens que vêm conhecer as empresas da região, o Politécnico de Leiria e o património cultural".

Os participantes são naturais de 7 distritos diferentes, sendo que representam um universo de 38 escolas secundárias ou profissionais. Contudo, ressalvou Rui Pedrosa, o impacto desta iniciativa não se fica pelas cinco dezenas de estudantes selecionados, uma vez que estes se tornarão "embaixadores do que se produz neste território". 

leirain1 4
O Vice-Presidente do Politécnico de Leiria, Rui Pedrosa

A vocação e os embaixadores
Presentes na conferência de imprensa, representantes dos diversos parceiros associados ao Leiria-In destacaram a relevância desta iniciativa, sublinhando como é importante o contacto com o processo produtivo e com o meio empresarial. Conforme relembrou a vereadora da Câmara Muncipal de Leiria, Anabela Fernandes Graça, o programa da Leiria-In "faz refletir sobre as saídas profissionais", com o objetivo de "poder despertar para uma vocação". 

Para a vice-presidente da Câmara Municipal da Marinha Grande, Cidália Ferreira, esta iniciativa serve também para mostrar aos jovens que o distrito de Leiria tem "a capacidade para de lhes proporcionar uma melhor qualidade de vida". Já a secretária-geral do NERLEI - Associação Empresarial da Região de Leiria, Neusa Magalhães, destacou o papel das empresas no acolhimento e acompanhamento dos participantes e sublinhou "a dificuldade em encontrar mão de obra qualificada", por parte das mesmas. Nesse sentido, a Leiria-In é também "um projeto que pretende responder ao desafio de qualificar os jovens". 

leirain1 5

Numa altura em que a Leiria-In entra na sua quarta edição, o secretário-geral da CEFAMOL, Manuel Oliveira, destacou o "entusiasmo redobrado" sentido pelos promotores e parceiros desta iniciativa. Também do ponto de vista das emrpesas, o interesse em participar tem sido crescente, ao registar-se um aumento gradual do número de empresas participantes. "Isto mostra o sucesso e reconhecimento" da iniciativa, destacou. 

O CEO da Forum Estudante, Rui Marques, começou por sublinhar o "papel pioneiro" do Politécnico de Leiria, na criação de pontes entre o Ensino Superior, a Sociedade e o setor empresarial. Para o fundador da Forum Estudante, estes resultados são fruto de "uma visão estratégica e consistente". De resto, o contacto dos jovens com a socidedade, nomeademente com as empresas, é "fundamental para o sistema de ensino", acrescentou Rui Marques. 

Relativamente à Academia Leiria-In, o CEO da Forum Estudante sublinhou que esta é parte de um processo de comunicação mais abrangente. Mais do que chegar a 50 estudantes do secundário, este projeto "toca dezenas de milhares de jovens pelo país".

leirain1 1

A conferência de imprensa terminou com a apresentação do programa da edição de 2017 do Leiria-In, conduzida pelo Diretor da Forum Estudante, Gonçalo Gil. Destacando alguns dos momentos altos da semana, o diretor realçou também algumas das ações que mais impactaram os estudantes, ao longo dos últimos quatro anos. 

Foi já perto do final da sessão que Rui Pedrosa deixou o mote para a iniciativa que arranca já no próximo dia 10 de julho. "Em breve, teremos 50 jovens a colorir o território e estaremos a criar embaixadores da região de Leiria", concluiu