Da baixa de Lisboa ao castelo: a Academia Politécnico Lx 2017 foi à descoberta

  

POLI LX 4

No segundo dia da Academia Politécnico Lx 2017, os participantes aproveitaram a boleia do Metro de Lisboa para conhecerem a capital. A viagem começou na Escola Superior de Dança (ESD).

Ainda que o dia tivesse começado cedo e o calor já se começasse a fazer sentir, nada impediu as quatro equipas de conhecerem as instalações da ESD, no Bairro Alto. Segundo a directora desta instituição de ensino, Vanda Nascimento, nesta que é "a primeira vez que a escola está a colaborar na recepção destes estudantes", é importante que os participantes conheçam o espaço que, no futuro, "poderá vir a tornar-se a casa e a família de alguns deles".

POLI LX 3

Instalações conhecidas, chegou o momento da dança. Todos descalços e o mais libertos possível, os participantes foram divididos em 2 grupos, explorando várias vertentes da arte contemporânea.

POLI LX 2

Após o almoço na cantina da ESD, o momento de convívio reuniu os participantes em jogos didáticos e animados, com o calor a fazer-se sentir em Lisboa. Mas não foi o sol forte que impediu as equipas de começarem a jornada até ao Castelo de S. Jorge.

Esta foi, para muitos dos participantes, a primeira vez que conheceram alguns dos locais emblemáticos da capital. Do Rossio ao Martim Moniz, foram várias as paragens, para que os participantes desfrutassem da cidade enquanto recarregavam as baterias.

POLI LX 6

Chegados ao Castelo de S. Jorge, os participantes da Academia Politécnico LX tiveram a oportunidade de passear pelos jardins e visitar os vestígios de um tempo em que Lisboa era defendida pelas muralhas.

POLI LX 7

Mas como tudo o que sobe também desce, estava na hora de voltar à baixa lisboeta para uma visita especial: os escritórios da Forum Estudante receberam os 50 participantes desta Academia.

POLI LX 8

O jantar decorreu no Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Lisboa (ISCAL) e, de seguida, os participantes regressaram aos quartos na Residencial Maria Beatriz, no (ISEL).