Novo ano letivo com mais 150 vagas no Ensino Superior

  

books-1012088 960 720

A primeira fase de candidaturas ao Ensino Superior arrancou ontem. Instituições de Ensino Superior públicas com mais 150 vagas que em 2016/2017. 

De acordo com a nota de imprensa divulgada pela Direção-Geral do Ensino Superior (DGES), existem um total de 50838 vagas para ingresso. Destas, 55.9% inserem-se no ensino universitário, com 44,1% a dizerem respeito ao ensino politécnico. 

Este número de vagas no Ensino Superior público, divididas por 13 universidades e 20 politécnicos, corresponde a um aumento de 150, face aos números do anterior ano letivo. 

A DGES destaca que a fixação de vagas levou em consideração as orientações do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, tendo em conta indicadores como "empregabilidade e procura efetiva". 

Nas linhas estratégicas, destaque para a importância de promoção da formação nas áreas de Tecnologias de Informação, Comunicação e Eletrónica (TICE) que levaram mesmo à redução das limitações de abertura de vagas na área da Física. As áreas nas quais mais incidem estas vagas são a Engenharia e Técnicas Afins (17,6%), Ciências Empresariais (14,8%) e Saúde (13,1%).

A DGES revela que se reduziram as limitações à aberta de vagas "nas instituições de ensino superior localizadas em regiões do país com menor procura e menor pressão demográfica, quando estejam em causa ofertas formativas nas áreas de TICE".  

Na distribuição geográfica do número total de vagas, destaque para Lisboa (27,5%), Porto (15%) e Coimbra (10,8%), seguidos por Braga (6,7%), Setúbal (4,5%), Castelo Branco (4,3%) e Aveiro (4,2%).