Número de estudantes colocados no ensino superior politécnico cresce 8,4%

  

 

books-1012088 960 720

Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos destaca que este aumento se regista pelo quarto ano consecutivo.

Conhecidos os resultados da primeira fase do Concurso Nacional de Acesso (CNA), o Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP) destaca o crescimento de 8,4% do número de estudantes colocados no ensino superior politécnico. Para o Presidente do CCISP, Nuno Magas, estes são "ótimos resultados", uma vez que número de colocados cresce pelo quarto ano consecutivo, constatando-se um "aumento generalizado de alunos colocados nos politécnicos e, em especial, nas instituições localizadas nas regiões de menor densidade demográfica”.

No total, ingressaram nas instituições politécnicas mais de 17 mil estudantes, num aumento de 8,4% face ao ano letivo anterior (um acréscimo de 1344 candidatos). Confirma-se também a tendência do aumento da taxa de colocação de estudantes na primeira fase do concurso, a qual passa de 71%, em 2016, para 77%, em 2017.

 

Para além do crescimento do número absoluto de colocados é particularmente, registou-se um aumento de 16% no número de estudantes que escolheram em primeira opção cursos ministrados nos politécnicos. Este é um dado colocado em evidência por Nuno Mangas, sendo que o facto do número de colocados em politécnicos que são localizados em territórios de baixa densidade ter crescido 20%, "coloca em evidência a importância e o papel que estes politécnicos têm no desenvolvimento destes territórios», realça Nuno Mangas.