Exposição celebra os 20 anos do Lux Frágil

  

Lux

Os antigos celeiros do Hub Criativo do Beato, em Lisboa, recebem a partir de 12 de Setembro, a exposição Paradisaea, concebida pelo designer Fernando Brízio. Esta exposição faz uma revisão da comunição visual e sonora da discoteca Lux Frágil, marcando os seus 20 anos.

 

No dia 29 de Setembro de 1998 o Lux abriu as portas, marcando o início da reconversão da zona do Cais da Pedra a Santa Apolónia, e da nova zona Oriental de Lisboa que ali tem o seu início. Paradisaea faz parte das comemorações dos 20 anos da Expo 98, e é organizada em co-produção com a EGEAC e as galerias municipais.

Paradisaea revisita o trabalho dos designers, artistas e criadores que, em diferentes elementos e suportes – convites, flyers, cartazes, websites, fotografias, desenhos, vídeos, podcasts, mobilia?rio, objectos, esculturas, peças de vestuário, maquetas, adereçoos, música, textos – fizeram as muitas dimensões do Lux. Ficará patente até 11 de novembro.