O dia da Árvore nas escolas portuguesas

  

 

DSC 4625

No âmbito do programa Redescobrir a Terra, realizou-se ontem a iniciativa “Dia da Árvore” – ação que envolveu a plantação de árvores em milhares de escolas nacionais. Na Escola de Básica de Loures, uma das instituições aderentes, foram os alunos que colocaram as mãos na terra. 

Depois de ajudar a plantar um pinheiro manso, um dos alunos da Escola Básica de Loures dirigiu-se à professora. Apontando uma das árvores do recinto da escola, fez a pergunta: “estas árvore vai ficar do tamanho daquela?”. A resposta da professora foi pronta: “se cuidarmos dela, vai”. 

Mais tarde, a professora Luciana Gonçalves realçou que a importância desta ação se prende, precisamente, com “a sensibilização dos mais jovens para a preservação da natureza”. De resto, para que tenham uma ligação mais forte, os alunos vão, ao longo do ano letivo, medir o crescimento das árvores, bem como o seu próprio crescimento. “Vão reparar que, como eles, a árvore também cresceu”, explicou a professora. 

DSC 4705

Outro dos objetivos da ação é a sensibilização para as questões da sustentabilidade. “Daqui a uns anos, vão poder ver outros meninos à sombra desta árvore”, explicou Luciana Gonçalves às crianças da EB de Loures.
Da mesma forma, as próprias crianças que plantaram as árvores poderão ver resultados da sua ação, explicou a coordenadora da escola, Fátima Marques. Por ser uma escola com uma forte ligação local, muitos dos seus antigos alunos visitam com frequência o recinto e têm filhos que são alunos. “Estes jovens podem, daqui a alguns anos, visitar a escola e ver os seus filhos à sombra das árvores que plantaram”, salientou.

O contacto com a terra – “e sujar as mãos”, detalha a coordenadora – será ainda uma mais-valia para estas crianças: “o saber está nos livros mas os jovens que contactam com a natureza têm uma grande mais-valia no processo de aprendizagem”, concluiu.

DSC 4611

 

As árvores plantadas na EB de Loures foram uma oferta da Forum Estudante que, assinalando o Dia da Árvore, ofereceu 1000 árvores a escolas de todos os distritos de Portugal continental.

 barra logos