Já começou a Academia Politécnico LX 2017

  

PLX1 1

O primeiro dia da Academia Politécnico LX 2017 começou bem cedo com ponto de encontro no Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL). Depois de conhecerem o espaço onde irão pernoitar durante toda a semana - Residência de Estudantes Maria Beatriz - os participantes tiveram oportunidade de se conhecerem na atividade quebra gelo - passa a bola.

PLX1 2

Apresentações feitas e chegada a hora de almoçar no refeitório do ISEL, chegou o momento de apresentação dos responsáveis dos Gabinetes de Comunicação das 8 escolas que compõem o Politécnico de Lisboa e que os participantes desta Academia terão oportunidade de visitar.

PLX1 3

Desde o teatro até à engenharia, não esquecendo a comunicação social e a saúde, os participantes irão desfrutar de atividades em todos os espaços. No ISEL e durante toda a tarde, foram realizados vários workshops que pretendiam mostrar a oferta formativa do Instituto.

PLX1 4

Lúcia Soares, vice-presidente do ISEL, afirma que esta Academia pretende "mostrar aos estudantes como a engenharia e a ciência está presente no nosso quotidiano". Destaca ainda que "o ISEL é uma instituição com muita tradição e com enormes ligações à indústria, sendo por isso uma boa casa que irá acolher qualquer um destes estudantes".

PLX1 5

Entre carros de competição movidos a energia solar construídos pelos estudantes da Licenciatura e Mestrado de Engenharia até atividades e jogos de tabuleiro dedicados à física e química, os participantes da Academia Politécnico LX 2017 realizaram várias atividades, incluindo a medição de ondas através de chocolate.

PLX1 6

Antes do jantar houve ainda tempo para o Drum Circle com estudantes da Escola Superior de Educação de Lisboa (ESELx). O jantar decorreu nas instalações do ISEL e depois de conviverem na Residência de Estudantes Maria Beatriz, os participantes recolheram aos quartos para descansar.