Noite da Liberdade reposta no TMJB

  

unnamed

Peça da Companhia de Teatro de Almada, criada a partir de texto de Ödön von Horváth e com encenação de Rodrigo Francisco, é reposta a partir do próximo dia 13, no Teatro Municipal Joaquim Benite, em Almada. TMJB revela que se pretende "uma reflexão sobre a democracia e sobre a utilidade de defendê-la".

"Como pode a democracia medrar sem democratas que a defendam? É esta a interrogação que serve de ponto de partida à mais recente criação da CTA", avança o TMJB, em comunicado. Este texto dos anos 30 situa a ação na Alemanha, na República de Weimar, na época em que o partido nacional-socialista se prepara para tomar (democraticamente) o poder.

"Face ao crescimento dos partidos de extrema-direita na Europa (representados, inclusive, no Parlamento Europeu), e ao estiolar da participação política dos cidadãos (com níveis de abstenção inéditos e elevados), Noite da liberdade serve de pretexto para uma reflexão sobre a democracia e sobre a utilidade de defendê-la", acrescanta a mesma fonte.

A peça ficará em cena de Quarta a Sábado, às 21h, e Domingos às 16h, até dia 29 de Janeiro. Durante a carreira do espectáculo, nos Sábados, dias 14, 21 e 28 às 18h, haverá Conversas com o público subordinadas ao tema Europa e Democracia no Século XXI. Entre os convidados contaremos com a presença de Fernando Sousa da Pena, Manuel Loff, Joana Mortágua, Rui Tavares e Vitor Soromenho Marques.