Em busca de ideias inovadoras para a cortiça

  

 

Corticeira20Amorim

Estão abertas até 15 de outubro as inscrições para o programa de empreendedorismo apoiado pela Amorim Cork Ventures – a incubadora da Corticeira Amorim.

O desafio é lançado aos empreendedores da região de Lisboa e Sul: apresentar ideias, aplicações ou propostas de negócio inovadoras para o sector da cortiça.

Lisboa foi o lugar escolhido para a nova fase de captação deste programa de capacitação. O objetivo, realça a organização, passa por evitar que se percam oportunidades por restrições geográficas relacionadas com a sua localização.

Esta nova fase estende-se até ao dia 15 de outubro e será materializada em parceria com a Beta-i – num modelo que contempla vários workshops que se iniciarão no final de Outubro, nas instalações da Beta-i.

A decisão dos projetos a apoiar será tomada na primeira semana de dezembro.

Da primeira convocatória, que decorreu no início do ano, evidenciaram-se os projetos das áreasde construção, soluções de habitação e refrigeração industrial. Houve ainda uma predominância de propostas com aglomerado de cortiça expandido (que se caracteriza pelo seu cariz 100% natural e por uma tonalidade mais escura), sendo que da primeira fase resultou o apoio a projetos das áreas de calçado, bio compósitos, design de interiores, mobilidade suave/ urbana e desporto. 

Segundo o Diretor Geral da Amorim Cork Ventures, Paulo Bessa, na análise das candidaturas, serão privilegiados princípios de seleção definidos como prioritários no lançamento da incubadora e que “estão relacionados com o grau de inovação do projeto, a importância da cortiça na proposta de negócio, o potencial exportador e, não menos importante, o perfil do empreendedor ou equipa empreendedora”.

Um ano de atividade
Segundo a organização, o balanço do primeiro ano da atividade da Amorim Cork Ventures é “extremamente positivo”. Além das 140 candidaturas recebidas, foram já constituídas duas startups, a que se juntam 10 projetos em incubação.

A empresa está a apoiar o desenvolvimento destes projetos, dos quais se espera uma evolução até ao final do ano – prototipagem, análise de mercado e aprofundamento dos modelos de negócio – altura em que se tomará decisão de constituição ou não de startup.

Os interessados em participar nesta fase de seleção, agora anunciada, poderão submeter a sua candidatura até 15 de Outubro através do link www.amorim.com/corkventures.