Campeonato Nacional Surf Esperanças este fim de semana

  


Cartaz-Setembro Porto-02

O Campeonato Nacional de Surf Esperanças é já este fim-de-semana, dias 12 e 13 de setembro, depois de ter sido adiado pela Federação Portuguesa de Surf (FPS).

O adiamento foi decidido depois de uma análise à previsão de ondas para a região do Porto, pela FPS em parceria com a Surfline, que demonstrou não existirem as condições mínimas para realização da prova.

O título nacional de Surf Esperanças, nas categorias de Sub16 e Sub18, será então decidido nos dias 12 e 13 de Setembro, na segunda parte e finalíssima do Campeonato Nacional de Surf Esperanças. Além da componente competitiva, o evento conta com um programa diversificado, no qual se inclui uma sunset party, atividades de sensibilização ambiental e de ação social, bem como sessões de fitness e Surf adaptado.

O Campeonato Nacional de Surf Esperanças foi este ano dividido em Circuitos Regionais, que apuram os melhores jovens atletas em todo o país. O resultado é um circuito mais simples, do ponto de vista financeiro, que torna mais competitivo o panorama do Surf nacional.

João Aranha, Presidente da Federação Portuguesa de Surf, refere: "O Circuito Esperanças é dos mais relevantes para os desportos de ondas em Portugal, desempenhando um papel basilar na formação dos nossos atletas. Todo o investimento neste circuito pretende criar as condições para um campeonato mais acessível às famílias e, portanto, mais abrangente e competitivo."

Marcelo Martins, fundador da Onda Pura, refere: «A vertente descentralizadora deste Junior Cup - Campeonato Nacional de Surf Esperanças 2015 vem reforçar o facto de o norte, em concreto a região do Porto e Matosinhos, ter desenvolvido um esforço concertado na promoção e formação das jovens esperanças do surf nacional, dando oportunidade aos atletas de solidificarem a seu percurso desportivo e futuro profissional no âmbito do surf made in Portugal»

A qualificação para o Campeonato Nacional de Surf Esperanças é feita por via dos seis Circuitos Regionais que cobrem todo o país. Os campeões e vice-campeões de cada Circuito Regional obtém qualificação direta, enquanto as restantes vagas são distribuídas pelas seis regiões de Portugal, consoante os resultados dos seus representantes no top 16 do ano anterior. A Federação Portuguesa de Surf reserva ainda a atribuição de quatro convites (wildcards) em cada escalão.

A etapa finalíssima do Campeonato Nacional de Surf Esperanças 2015 é organizada pela Onda Pura - Produção de Eventos, Associação Onda do Norte e Federação Portuguesa de Surf, com a colaboração das câmaras municipais de Porto e Matosinhos.