As tuas as férias vão ser inacreditáveis, ao ponto de não acreditares que estás de férias

  

Esotanga COR

Amigos leitores, aproximamo-nos a passos largos do verão, das férias e coisas afins. Decidi vasculhar os astros para encontrar algumas previsões do vosso verão.  Preparados?

 

via GIPHY

Gémeos (21/05 a 20/06)
Os nativos de Gémeos vão entrar num novo verão ainda sem saber de cor a sua própria idade, esquecimento tão usual como desculpável. Ainda assim – por mera coincidência – a sua memória será reavivada muito rapidamente, depois de conversarem com os seguranças de alguns estabelecimentos noturnos.

 

via GIPHY

Caranguejo (21/03 a 20/04)
O nativo de Caranguejo tem tudo pensado para o verão. Uma combinação de praia, esplanadas, piscina e festivais. Contudo, tal como um maratonista no granizo, nem sempre tudo vai correr bem. Prepara-te para a combinação tardes no sofá, Playstation, Instagram e Spotify. Podia ser pior!

via GIPHY

Leão (23/07 a 22/08)
A tendência dos nativos de leão para instagramarem as férias compulsivamente pode trazer-lhes problemas de equilíbrio. Sobretudo quando visitarem o Museu das Cascas de Banana, ali perto do Jardim das Urtigas, onde fica a Fonte do Tropeção.

via GIPHY

Virgem (23/08 a 22/09)
Vais encontrar o amor da tua vida este verão. Quem? Encontrei na Galáxia de Alfa Centauro alguma informação: posso avançar que cheira muito bem, que te vai ajudar quando mais precisares, que se chama Biafine e que é um creme ótimo para as queimaduras de primeiro grau que apanhaste por achar que “este sol já não queima”.

via GIPHY

Balança (23/09 a 22/10)
Boas notícias! Os nativos de balança vão encontrar muitas, muitas, muitas, muitas, muitas, muitas, muitas, muitas, muitas, muitas, muitas, muitas, muitas, muitas, muitas, muitas, muitas, muitas, muitas, muitas, muitas, muitas, muitas, muitas, muitas, mas mesmo muitas vírgulas.  

via GIPHY

Escorpião (23/10 a 21/11)
Um conselho muito específico e relevante para os nativos de Escorpião. Quando chegares à praia, depois de te descalçares e meteres os pés na areia, não penses “ah, eu aguento, é só um bocadinho”. Calça-te, por favor. A corrida em bicos de pés não é um espetáculo agradável e é facilmente evitável.

via GIPHY

Sagitário (22/11 a 21/12)
Os nativos de Sagitário têm uma resolução muito importante para este verão: acordar cedo para “aproveitar”. Reparem nas aspas. Incertos sobre o que é que vão ao certo aproveitar, decidirão dar uma volta na cama e dormir até às três da tarde.

via GIPHY

Capricórnio (22/12 a 19/01)
Há verões inesquecíveis. O verão em que conheces o amor da tua vida. Em que fazes uma viagem única por paisagens exóticas. Em que lês o livro que vai mudar a tua visão do Mundo. Depois, há verões esquecíveis. Em que acordas às três da tarde, comes cereais, vês televisão, fazes uns posts e vais dormir. Faz a tua escolha com sensatez.

via GIPHY

Aquário (20/01 a 18/02)
Essa ideia de levar iogurtes para a praia pode sair-te cara. Uma peça de fruta continua a ser uma melhor opção. Uma maçã trincada em câmara lenta dá bom aspeto. Agarrar um pêssego com um ar confiante dá estilo. Consegues dizer o mesmo de uma garrafinha com bifidus não-sei-do-quê?

via GIPHY

Peixes (19/02 a 20/03) 
Os peixes gostam de água (lole). São daqueles que, na praia, só estão a pensar no próximo mergulho. Um conselho, caro nativo de Peixes. Não leves o telemóvel contigo, a não ser que queiras acabar a fazer um live de caça submarina.

via GIPHY

Carneiro (21/03 a 20/04)
Os nativos de Carneiro vão tentar “ir menos às redes sociais, para aproveitar”. Reparem nas aspas. Todo o plano irá por água abaixo quando chegarem à praia ao pôr-do-sol. “Tenho de aproveitar este céu, men, isto é raro”, vão dizer, sem se aperceberem que, sem filtros, é só mesmo mais um pôr-do-sol. Algo que acontece, literalmente, todos os dias.

via GIPHY

Touro (21/04 a 20/05)
Por falar em pôr-do-sol na praia, nativos de Touro, temos de conversar. Chega de dúvidas e ansiedades. De pensar em contrariedades. Eu leio a vossa ansiedade nas estrelas: querem saber se a vossa paixão é correspondida, antes de se mostrarem vulneráveis a alguém. Com toda a honestidade, talvez não seja. Mas quando forem com esse alguém ver o pôr-do-sol na praia, quando ambos estiverem enquadrados por uma luz perfeita, quando essa luz se retirar aos poucos, como que para vos deixar a sós, lembrem-se que os verões não nascem memoráveis. Mas que se podem tornar inesquecíveis. Boa sorte.