Os primeiros passos do ORSIES

  

 

1311

Primeira reunião de trabalho do Observatório da Responsabilidade Social e Instituições de Ensino Superior (ORSIE) realizou-se hoje, nas instalações da Secretaria de Estado do Ensino Superior. Encontro serviu para a definição dos eixos de reflexão e métodos de trabalho durante os próximos meses.

Foi o assessor da Secretária de Estado Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Nuno Lima, que começou por se dirigir aos mais de vinte representantes de membros do ORSIES presentes na sala. Depois de um agradecimento à Forum Estudante pelo “trabalho incansável para um sistema [de educação e formação] cada vez melhor”, o assessor realçou “o trabalho realizado pelas Instituições de Ensino Superior pelas Instituições de Ensino Superior, de há anos a esta parte”. Nuno Lima deixou ainda a garantia que a secretaria de estado apoiará o trabalho realizado no âmbito deste observatório, no cumprimento do objetivo “conhecimento para todos”.

De seguida, foi a vez do CEO da Forum Estudante, Rui Marques, fazer uma breve apresentação do projeto. Definindo o ORSIES como uma “rede colaborativa”, Rui Marques destacou a importância do trabalho em rede que capitalize, através de “um esforço de articulação co-colaborativo”, “o muito trabalho já feito pelas IES” no âmbito da responsabilidade social. É este o papel que o ORSIES se propõe a cumrir, agregando o contributo de IES, da Forum Estudante, do Ministério da Educação e Ciência e do Setor Empresarial (com a parceria da associação GRACE, acrescentou.

1341
Rui Marques e Nuno Lima durante a sessão de hoje

 Seguiu-se a apresentação de uma proposta para plano de atividades que seria discutida pelos membros do ORSIES. Neste plano, destaca-se a elaboração de um Livro Verde que integrerá um conjunto recomentações e propostas ao Ministério da Educação e Ciência. “Será um contribto para o desenvolvimento de políticas públicas neste domínio”, destacou Rui Marques.

Na reunião de hoje, foram, assim, discutidos os eixos sobre os quais deverá assentar a reflexão acerca da responsabilidade social no Ensino Superior: a ação social escolar, o voluntariado, a promoção da diversidade e o serviço à comunidade, foram alguns dos “Pontos de Partida”, sendo que, durante a sessão, novos contributos foram surgindo. Reponsabilidade ambiental, necessidades educativas especiais e a internacionalização, foram alguns dos exemplos referidos. 

131
A Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Fernanda Rollo

A fechar a sessão de trabalho, a Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Fernada Rollo, destacou a importância do trabalho que será realizado no âmbito deste observatório: “há um esforço que temos de fazer em conjuto para abrir as Instituições de Ensino Superior ao exterior”. Um dos aspetos a ter em conta será mostrar à comunidade a importância do conhecimento que produzido pelas IES para “uma sociedade mais justa”, sublinhou.

1