A praxe como fenómeno social

  

logo ipleiria preto

O Politécnico de Leiria recebe no dia 28 de março, às 20h00, a apresentação do estudo “A praxe como fenómeno social”.

A Direção Geral do Ensino Superior (DGES) apresenta o estudo “A praxe como fenómeno social”, que caracteriza e analisa a praxe no ensino superior em Portugal. A sessão vai decorrer no auditório da Escola Superior de Saúde do Politécnico de Leiria (ESSLei/IPLeiria) e conta com a presença da Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Maria Fernanda Rollo.

«O principal objetivo do presente estudo consiste em compreender o fenómeno da praxe académica em profundidade, privilegiando-se a interpretação dos significados que diversos atores do sistema de ensino superior (estudantes, dirigentes associativos e dirigentes das instituições de ensino) atribuem ao fenómeno», segundo o relatório do estudo, divulgado no site da DGES. «Para além disso, fez-se uma caracterização mais geral da praxe no momento atual, a sua contextualização histórica, o seu enquadramento jurídico, o seu tratamento na comunicação social e um levantamento das investigações já realizadas sobre o tema».

O estudo foi realizado por uma equipa conjunta de investigadores do Centro de Investigação e Estudos Sociais (CIES) do ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), do Instituto de Sociologia da Universidade do Porto (ISUP) e do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES), sob a coordenação de João Teixeira Lopes (ISUP) e João Sebastião (CIES).