"Sempre que alguém arrisca, alguém sofre". Foi esta a mensagem que abriu a ação de sensibilização para a prevenção e segurança rodoviária, no Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva. Na plateia, cerca de 30 estudantes do 9.º ano puderam refletir sobre alguns dos comportamentos a adotar, tendo em vista a manutenção de uma via pública segura.

A palestra, dinamizada pela Associação de Motociclistas Cristãos (CMA), inseriu-se no segundo dia da segunda semana foco da Castelo Branco Capital Jovem da Segurança Rodoviária 2019. Desta forma, durante a manhã, os estudantes puderam conhecer alguns números e os principais factores de risco associados à morte dos jovens nas estradas portuguesas.

 

 

Capital Jovem da Segurança Rodoviária

Capital Jovem da Segurança Rodoviária

 

 

Trabalhar atitudes

Excesso de vlocidade, condução sob influência do álcool ou uso do telemóvel ao volante foram alguns dos temas abordados pelo presidente da CMA, Manuel Alexandre Dias. "As atitudes e os comportamentos devem ser trabalhadas em grupo", explicou à FORUM, de forma a que os jovens possam "ser pontos de influência para os seus colegas".




 

"As atitudes e os comportamentos devem ser trabalhadas em grupo, para que os jovens
possam
ser pontos de influência para os seus colegas".
Manuel Alexandre, presidente CMA Castelo Branco

 



Tendo em conta este valor estratégico da comunicação com jovens, no âmbito da sua ação, a CMA dinamiza várias iniciativas orientadas para este público. Para além de outras palestras que, como esta, são realizadas em escolas, Manuel Alexandre destaca iniciativas como a criação de um circuito sinalizado, no Dia Mundial da Criança ou o "Acantonamento" - um fim de semana passado na sede da CMA de Castelo Branco, durante o qual um grupo de jovens estudantes participa em ações de prevenção e segurança rodoviária.

 

 

73295848 1594191150705702 8163370826846961664 o

 

Publicado por Associação de Motociclistas Cristãos -Castelo Branco em Quarta-feira, 16 de outubro de 2019


"Vocês têm um papel muito importante", realçou o Diretor da Forum Estudante, Gonçalo Gil, dirigindo-se aos estudantes presentes, a fechar a sessão. Por serem "os condutores do futuro", os jovens terão a possibilidade "de mudar comportamentos, garantindo que têm respeito pela segurança e pelos outros".

Na quinta-feira, a CMA voltará a dinamizar ações de sensiblização para estudantes, no âmbito do programa da segunda semana foco da Capital Jovem da Segurança Rodoviária.

 

 

 MG 2630

Pin It