21 885 47 30 | geral@forum.pt

O IADE – Faculdade de Design, Tecnologia e Comunicação da Universidade Europeia recebe de 5 a 7 de abril a 3.ª edição da game jam dedicada à responsabilidade social. 

O Games for Good, a realizar no Campus de Santos vai apoiar, através do desenvolvimento de jogos, instituições e organizações sem fins lucrativos a encontrar as melhores soluções para as suas necessidades reais recorrendo à tecnologia. A Associação Corações com Coroa, Comunidade Vida e Paz, Fundação Infantil Ronald McDonald, a Associação Portuguesa contra a Obesidade Infantil e a UPPA - União Para a Proteção dos Animais são as entidades que se associaram a esta 3.ª edição e que procuram respostas na área dos jogos.

A 3.ª edição do Games for Good, promovida pelo IADE – Faculdade de Design, Tecnologia e Comunicação da Universidade Europeia, decorre em parceria com a Bee Engineering, a Associação Nacional de Professores de Informática (ANPRI) e A Ludoteca. A competição de 48h tem como objetivo proporcionar aos participantes um ambiente altamente criativo e interativo e divide-se em duas categorias: Games for Good Pro, limitada a 50 participantes, dedicada a profissionais e a estudantes do ensino superior, a partir dos 18 anos; e Games for Good Junior, dedicada a estudantes do ensino secundário, do 10º ao 12º ano. 

A ANPRI é a entidade responsável pela realização da primeira fase da categoria Games for Good Junior, que se realizou nos dias 23 e 24 de março na Escola Secundária de Gago Coutinho, em Alverca, e que consistiu em apurar as 12 equipas (40 estudantes) que vão participar no Games For Good na Universidade Europeia. 

Para Micaela Fonseca, Coordenadora do Games for Good, “o objetivo da iniciativa é unir a criatividade dos estudantes, as empresas na área da tecnologia e as instituições de responsabilidade social, com o intuito de desenvolver jogos em sintonia com a missão das instituições participantes. São 48h de imersão muito gratificantes e que proporcionam vários desafios aos estudantes, em equipas multidisciplinares, que os preparam para enfrentar o mercado de trabalho”.  

O Games for Good nasce no âmbito da licenciatura em Games & Apps Development do IADE – Faculdade de Design, Tecnologia e Comunicação da Universidade Europeia que oferece aos seus estudantes a possibilidade de adquirir competências essenciais a uma carreira internacional de sucesso na indústria dos videojogos. Totalmente lecionado em inglês, o programa prevê um semestre de mobilidade internacional obrigatório, durante o qual os estudantes podem frequentar, entre outras Universidades, a prestigiada Media Design School da Nova Zelândia, escola da rede Laureate International Universities. 

Mais informação AQUI

Pub Huawey PSmart+
Pub Guia Pós-Graduações 2019
Pub Guia Prático Estudante 2019
Últimas - Eventos
Eventos
17 Julho 2019

O Instituto Politécnico de Setúbal estará mais uma vez presente no evento que, este ano, decorre entre 20 de julho e 4 de agosto, no Parque Santiago (Manteigadas).

Eventos
16 Julho 2019

O IADE – Faculdade de Design, Tecnologia e Comunicação da Universidade Europeia organiza, a 17 de julho, a 1.ª mostra de jogos criados por estudantes universitários. Entre as 14h e as 20h, no Campus de Santos (Lisboa)

Eventos
28 Junho 2019

O Politécnico de Lisboa é co-organizador do XXIX Encontro da Associação das Universidades de Língua Portuguesa, que se realiza entre 3 a 5 de julho de 2019.

A iniciativa conta com as presenças do secretário de Estado do Ensino Superior, João Sobrinho Teixeira, e do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, entre outras figuras do meio académico dos PALOP. O evento decorre no Campus de Benfica do IPL, na Escola Superior de Música de Lisboa, e tem como tema Arte e Cultura na Identidade dos Povos, subtemas: Arte e Cultura; Saúde e Tecnologia; Educação e Coesão Social e Comunicação e Política, num total de 120 comunicações.  

Para Elmano Margato, presidente do Politécnico de Lisboa, “tendo o IPL a internacionalização como um dos seus eixos estratégicos, é quase obrigatório apostarmos na realização deste encontro também para a avaliação de novas parcerias e acordos de cooperação com instituições de países presentes". Do programa do encontro fazem parte sessões paralelas nas quais participam também docentes do Politécnico de Lisboa, assim como vários momentos culturais que mostram aos participantes o potencial das Escolas Artísticas de Música, Dança e Teatro e Cinema.  

Durante o Encontro será ainda entregue o Prémio Fernão Mendes Pinto, que distingue uma dissertação de mestrado ou doutoramento que contribua para a aproximação das comunidades de língua portuguesa, defendida durante o ano civil anterior. O valor do Prémio Fernão Mendes Pinto é de oito mil euros a atribuir numa parceria conjunta entre a AULP e a Comunidade os Países de Língua Portuguesa ao autor premiado e cuja publicação será da responsabilidade do Instituto Camões.

A AULP- ONG internacional que promove a cooperação entre Universidades e Institutos Superiores, com mais de 130 membros dos oito países de língua oficial portuguesa (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor e Macau). A sua missão é facilitar a comunicação entre os membros em prol do desenvolvimento coletivo do ensino e da língua portuguesa no mundo. Tem ainda um importante papel na dinamização da rede de universidades de língua portuguesa em valorizar as diversas culturas, aproximar as dinâmicas científicas, multiplicar os intercâmbios nos domínios do ensino e da investigação científica, consolidar as parcerias estratégicas e ampliar o papel da língua portuguesa como animador qualificado desta comunidade.

É atualmente presidida por Orlando da Mata, reitor da Universidade Mandume Ya Ndemufayo, no Lubango, Angola. Além deste encontro a AULP é responsável por várias iniciativas das quais se destacam o Prémio Fernão Mendes Pinto; a Revista Internacional em Língua Portuguesa (RILP); e o Observador Consultivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Muito recentemente a AULP criou o Programa Mobilidade AULP para o intercâmbio de alunos entre instituições dos países de língua oficial portuguesa e Macau (RAEM). O programa arrancou com 66 instituições de ensino superior dos RAEM e China.