21 885 47 30 | geral@forum.pt

Iniciação à robótica, Teatro, Escrita Criativa, Jogos de matemática, Rádio na Escola, Parceria com Universidade do Porto e workshops para os pais são algumas das medidas.

Combater o insucesso escolar e simultaneamente criar condições para uma maior e melhor aprendizagem é o objectivo do município de Penafiel que através do pelouro da educação está avançar de forma conjugada com medidas inovadoras.  O plano de actuação está direcionado para milhares de alunos dos vários ciclos de ensino e cruza a informática, literatura e a matemática, privilegiando também jogos específicos e o envolvimento dos pais.

Com um investimento na ordem de 1 milhão de euros, o maior da região do Tâmega e Sousa, que será aplicado durante 3 anos, Penafiel escolheu áreas cirúrgicas de intervenção. A iniciação à programação e à robótica com um robot criado para o efeito vai ser disponibilizado a mais de 1400 alunos do 3º e 4º ano, fazendo com que todas as semanas os alunos possam programar, interagir e ver acontecer na prática os resultados da sua programação. Na área das Ciências, a estratégia passou por um protocolo de colaboração com a Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, permitindo que os mais novos possam ter contacto com experiencias reais, partindo para a descoberta com base na experimentação, sendo esta componente direccionada para os alunos do 3º e 4º ano.

Em Penafiel, o acesso à cultura está presente em muitas das decisões do município e numa cidade que ostenta a Escritaria, achou por bem o pelouro da educação, instituir módulos de escrita criativa, com Cidália Fernandes, autora Penafidelense que contribuirá desta forma para promover o gosto pela escrita e também pela leitura. 

A Matemática e o incentivo ao seu estudo passa pela criação de jogos como a Rota dos Números, complementando-se ainda o raciocínio lógico e estratégico com a implementação na escola do Xadrez, um jogo com centenas de anos e que continua a apaixonar milhões de pessoas em todo o mundo. As artes performativas através do teatro que muito contribuem para o desenvolvimento interpessoal dos jovens, será outra das áreas em destaque no âmbito do plano de combate ao insucesso escolar. A Rádio chega em setembro à escola e com ela, todo um admirável “mundo novo” de descoberta e partilha pela voz e pela música.

penafiel 2

Para o Presidente da Câmara Municipal de Penafiel, Antonino de Sousa, ”o Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar em Penafiel, é composto por atividades e planos de ação muito variados que no seu conjunto vão certamente mobilizar os alunos e potenciar, em muitos casos, a descoberta de áreas de conhecimento com as quais mais se identificam. A grande diferença do plano a executar em Penafiel é o facto de termos tido a capacidade de escolher diversos projetos diferentes que cobrem várias áreas de saber e com isso ajudar e preparar os alunos para estarem atentos a novos caminhos e descobertas". 

Com uma equipa multidisciplinar composta por 2 psicólogos, 1 técnico ciências da educação e 1 assistente social, o Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar de Penafiel terá um acompanhamento permanente.

Pub Huawey PSmart+
Pub Guia Pós-Graduações 2019
Pub FCH_2019
Últimas - Eventos
Eventos
17 Julho 2019

O Instituto Politécnico de Setúbal estará mais uma vez presente no evento que, este ano, decorre entre 20 de julho e 4 de agosto, no Parque Santiago (Manteigadas).

Eventos
16 Julho 2019

O IADE – Faculdade de Design, Tecnologia e Comunicação da Universidade Europeia organiza, a 17 de julho, a 1.ª mostra de jogos criados por estudantes universitários. Entre as 14h e as 20h, no Campus de Santos (Lisboa)

Eventos
28 Junho 2019

O Politécnico de Lisboa é co-organizador do XXIX Encontro da Associação das Universidades de Língua Portuguesa, que se realiza entre 3 a 5 de julho de 2019.

A iniciativa conta com as presenças do secretário de Estado do Ensino Superior, João Sobrinho Teixeira, e do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, entre outras figuras do meio académico dos PALOP. O evento decorre no Campus de Benfica do IPL, na Escola Superior de Música de Lisboa, e tem como tema Arte e Cultura na Identidade dos Povos, subtemas: Arte e Cultura; Saúde e Tecnologia; Educação e Coesão Social e Comunicação e Política, num total de 120 comunicações.  

Para Elmano Margato, presidente do Politécnico de Lisboa, “tendo o IPL a internacionalização como um dos seus eixos estratégicos, é quase obrigatório apostarmos na realização deste encontro também para a avaliação de novas parcerias e acordos de cooperação com instituições de países presentes". Do programa do encontro fazem parte sessões paralelas nas quais participam também docentes do Politécnico de Lisboa, assim como vários momentos culturais que mostram aos participantes o potencial das Escolas Artísticas de Música, Dança e Teatro e Cinema.  

Durante o Encontro será ainda entregue o Prémio Fernão Mendes Pinto, que distingue uma dissertação de mestrado ou doutoramento que contribua para a aproximação das comunidades de língua portuguesa, defendida durante o ano civil anterior. O valor do Prémio Fernão Mendes Pinto é de oito mil euros a atribuir numa parceria conjunta entre a AULP e a Comunidade os Países de Língua Portuguesa ao autor premiado e cuja publicação será da responsabilidade do Instituto Camões.

A AULP- ONG internacional que promove a cooperação entre Universidades e Institutos Superiores, com mais de 130 membros dos oito países de língua oficial portuguesa (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor e Macau). A sua missão é facilitar a comunicação entre os membros em prol do desenvolvimento coletivo do ensino e da língua portuguesa no mundo. Tem ainda um importante papel na dinamização da rede de universidades de língua portuguesa em valorizar as diversas culturas, aproximar as dinâmicas científicas, multiplicar os intercâmbios nos domínios do ensino e da investigação científica, consolidar as parcerias estratégicas e ampliar o papel da língua portuguesa como animador qualificado desta comunidade.

É atualmente presidida por Orlando da Mata, reitor da Universidade Mandume Ya Ndemufayo, no Lubango, Angola. Além deste encontro a AULP é responsável por várias iniciativas das quais se destacam o Prémio Fernão Mendes Pinto; a Revista Internacional em Língua Portuguesa (RILP); e o Observador Consultivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Muito recentemente a AULP criou o Programa Mobilidade AULP para o intercâmbio de alunos entre instituições dos países de língua oficial portuguesa e Macau (RAEM). O programa arrancou com 66 instituições de ensino superior dos RAEM e China.