21 885 47 30 | geral@forum.pt

O Politécnico de Castelo Branco realizou uma jornada de acolhimento aos estudantes internacionais da instituição, que contou com a presença do Vice-Presidente do IPCB, Nuno Castela e do Coordenador do Gabinete de Relações Internacionais do IPCB, João Pedro Luz.

As atividades incluíram um almoço convívio, seguido de uma sessão informativa realizada no auditório da Escola Superior de Educação, onde foram apresentadas várias atividades a desenvolver o presente ano letivo, e ainda o testemunho de dois alunos internacionais, Bianca Vasconcelos, do Brasil, e Joel Mendes, da Guiné Bissau.

As atividades para o ano de 2019 incluem duas ações de formação complementares lecionadas por docentes do IPCB: Tecnologias da Informação e Comunicação, lecionada pela por Catarina Gavinhos e Técnicas de Comunicação e Português, lecionada pelas docentes Madalena Leitão, Luísa Nunes e Manuela Abrantes. Numa perspetiva mais lúdica, será realizada uma visita à Serra da Estrela e um conjunto de atividades de partilha de conhecimento e culturas, denominado “blá blá – conhecimento e partilha”, da responsabilidade da Erasmus Student Network Castelo Branco.

No presente ano frequentam efetivamente o IPCB um total de 293 estudantes internacionais ao abrigo do estatuto do estudante internacional, provenientes de 9 países.

Pub Glion
Pub EF_2019_2
Pub Sitestar
Últimas - Mobilidade
Mobilidade
16 Abril 2019

A Galileu, empresa especialista em formação profissionalizante, passou a disponibilizar aos seus formandos de carreiras profissionais um cartão internacional de estudante: o Internation Student Identity Card (ISIC).

Mobilidade
29 Março 2019

O Politécnico de Castelo Branco participou em quatro feiras de formação vocacional em São Paulo e no Rio de Janeiro, realizadas no âmbito do Salão do Estudante.

Mobilidade
25 Fevereiro 2019

Já se encontra a decorrer, no Instituto Politécnico de Setúbal (IPS), a 1.ª fase de candidaturas ao concurso especial para Estudantes Internacionais, que se prolonga até 31 de março, abrangendo os estudantes que não têm nacionalidade portuguesa, nem são oriundos de um Estado membro da União Europeia.