Junho assinala os oito anos das Leituras no Mosteiro, iniciativa promovida todos os meses pelo Teatro Nacional São João (TNSJ). A ação – que, desde a sua criação, já contou com a participação de mais de sete mil leitores e com a presença de quase duas centenas de convidados – começou por reunir um improvável grupo de pessoas das mais diferentes áreas que se entregou "à arte de ler e pensar em voz alta".

35 sessões depois, mais de 250 peças e cerca de 220 autores "habitaram" o Centro de Documentação do TNSJ, localizado no Mosteiro de São Bento da Vitória. Antígona, de Jean Anouilh, "filha de Deus antes de Deus ser conhecido", é a última personagem a ser "visitada" neste ciclo de leituras dedicado às Mulheres, Trágicas. O encontro ocorre na terça-feira, 19 de junho, às 21h00. A entrada é gratuita.