A premissa foi delineada por Paulo Faustino, logo na abertura da apresentação, dirigindo-se aos representantes dos gabinetes de comunicação e imagem do Ensino Superior: "Vou tentar mostrar como devem comunicar digitalmente, como podem criar uma presença digital mais eficaz e desmistificar a ideia de que a vossa comunicaçáo terá de ser aborrecida".

 

1. Defina o seu público

Para Paulo Faustino, há a necessidade de compreender as diferenças de comunicar para um público jovem que tem comportamentos muito diferentes do que há duas décadas: "Este é um público que está offline e online e que está em várias plataformas". Para esta geração, "as redes sociais são a nova televisão",  um dado que o especialista destaca como "muito interessante", tendo em conta que 93% das decisões de compra são influenciadas pelas redes sociais. Por essa razão, "os dados são o novo petróleo – quanto mais soubermos sobre o nosso público, mais conseguiremos influenciar a decisão de compra". 


2. Siga os 4 E's

Depois dos clássicos "Quatro P's" do Marketing (Produto, Preço, Praça e Promoção), o digital traz os "Quatro E's": Experience, Exchange, Evangelism e Everywhere. Nesta dinâmica, o primeiro foco, sublinha Paulo Faustino, passa por "captar a atenção" (para efeitos de notoriedade, por exemplo). A partir daí, a estratégia deverá focar-se na tarefa de "Educar", sendo que, neste ponto, as instituições de Ensino Superior contam com um "recurso especial": o conhecimento acumulado pelos docentes, que poderá ser partilhado em vídeos ou artigos online. As fases seguintes da estratégia centram-se na realização de ações e no gerar de tráfego.


3. Produza conteúdo

"O conteúdo continua a ser rei", garante o também autor do livro Marketing Digital na Prática. Por essa razão, é importante para a instuição crie uma estratégia de conteúdo que responda a quatro questões: "O que vendemos e a quem? O que é que os clientes querem comprar? De que forma é que o meu conteúdo pode ajudar a tomar uma decisão de compra? Qual o objetivo desse conteúdo?". Este conteúdo poderá ser criado pela metodologia AIDA (Chamar a atenção, Criar Interesse, Estimular o Desejo, Introduzir a Ação).


Como criar uma boa estratégia digital em 10 passos MG 4219Como criar uma boa estratégia digital em 10 passos MG 4210

 

 

4. Crie conteúdo em escala

Esta é, para Paulo Faustino, uma das maiores dificuldades de marca, em qualquer sector. A estratégia, neste ponto, poderá seguir uma estratégia fundada na produção de macro-conteúdo (gravação integral de palestras, aulas ou workshops). A partir daí, o conteúdo poderá ser "fatiado", de forma a ser utilizado nas redes sociais, numa lógica de criação de micro-conteúdo. Desta forma, "uma palestra para 5000 pessoas pode transformar-se numa palestra para 60 mil pessoas", ilustrou. A ideia base, é a criação de múltiplas peças a partir de um conteúdo.

 

5. Modele o seu conteúdo

Uma boa prática, para além da utilização de ratios optimizados para cada canal, passa pela colocação de legendas, uma vez que a maioria dos conteúdos vistos no feed são visualizados sem som. Para além de vídeos legendados e peças informativas, outra das modalidades de conteúdo indicada para instituições de Ensino Superior passa pelo "storytelling". "Vocês precisam de contar as vossas histórias – as pessoas não as conhecem e a narrativa é uma ferramenta muito poderosa", destacou o especialista. A reciclagem de conteúdos, através da transformação em vários formatos, deverá ser uma aposta da instituição, maximizando a retenção de informação.




TED Talk de Paulo Faustino sobre o futuro do marketing digital (Fonte: Canal do YouTube das TEDx Talks)

 

6. Aproveite as oportunidades

O Tik Tok é uma plataforma que exemplifica, de acordo com Paulo Faustino, o princípio de "Atenção Subvalorizada", ou seja, existem poucos criadores para o nível de consumo de conteúdo. Por essa razão, o LinkedIn e o Tik Tok poderão ser canais estratégicos para as Instituições de Ensino Superior, uma vez que, de momento, encaixam neste perfil. 


7. Promova o conteúdo

A escolha de canais deverá ser uma prioridade. Para Paulo Faustino, o investimento em meios como outdoors ou anúncios na imprensa poderá ser equacionado enquanto possível forma de financiamento dos canais digitais. "O que está a acontecer com as redes sociais é a oportunidade de uma vida. Ainda é possível comunicar para muitas pessoas, por valores ridiculamente baixos", reforçou o especialista.

 



"O que está a acontecer com as redes sociais é a oportunidade de uma vida.
Ainda é possível comunicar para muitas pessoas, por valores ridiculamente baixos"
Paulo Faustino, Get Digital Agency


 

8. Crie Páginas de Venda

Uma página de venda ou landing page é uma página que existe para converter, um objetivo muito diferente de um site institucional cujo fim último é informar. Uma página de venda ou conversão cria um ambiente que "permite apenas a inscrição no curso", sem hiperligações que permitam sair da página e colocando em destaque a opção de inscrição. "O objetivo último é facilitar a vida de quem está do outro lado", destacou o especialista.



 MG 4172

 MG 4204

9. Tenha um atendimento eficaz

Telemarketing, E-mail Marketing e Telefone são opções habituais no atendimento. Contudo, a criação de um canal de atendimento no Whatsapp, destacou o especialista, é uma opção compatível com as características de uma instituição de Ensino Superior. "Não é preciso estar 24 horas por dia ligado, é possível definir um horário de atendimento naquele canal em específico", esclareceu Paulo Faustino. Esta é uma forma de fazer follow up, comunicando com pessoas que desistiram do processo de inscrição.


10. Trabalhe a sua Escala de Valor

Há vários caminhos que podem levar um estudante até uma instiuição de Ensino Superior. Uma boa prática passa por "ativamente, seja por email marketing, whatsapp ou contacto físico" promover o próximo passo ao estudante. O exemplo é o aluno que termina a licenciatura e que poderá ser incitado a continuar para estudos de 2.º ciclo. Para além dos ciclos formativos de longa duração, existem ainda outras formações que podem ser trabalhadas, como os cursos para executivos ou profissionais.

 

 

 

Digital

Pin It