Ana Caetano, de 19 anos, viajou hoje da Batalha até Coimbra, para participar na Academia I Love We. Ainda antes das atividades começarem, realça não ter certezas quanto à sua vocação profissional, ainda que se sinta “inclinada para a área de design e comunicação”. Recentemente, conta, consultou mesmo o plano curricular do curso nesta área da ESEC: “Fiquei interessada nas cadeiras que encontrei, mas preciso de saber mais”.

Por essa razão, para Ana Caetano, esta semana de atividades será também uma forma “perceber como é realmente a escola” e conhecer melhor outras áreas ligadas à Comunicação. Ao longo de cinco dias de atividade, sublinha, espera também “poder conhecer melhor a cidade de Coimbra, de forma a confirmar se é uma boa cidade para se estudar”.


"Ao longo destes cinco dias, espero poder
perceber como é realmente a escola [ESEC]
e conhecer melhor a cidade de Coimbra"
Ana Caetano, participante I Love We

Pelo meio, haverá “a oportunidade interessante” de conhecer outros 49 estudantes do ensino secundário, oriundos de todo o país. Que, destaca Ana, poderão encontrar a mesma importância nesta academia: “Para pessoas como eu, que não têm a certeza do que querem estudar, esta semana poderá ser um importante auxílio”.

 

O primeiro contacto 

Essa foi, de resto, uma das principais ideias destacadas pelo vice-presidente da Escola Superior de Educação de Coimbra, César Nogueira. “Queremos mostrar-vos a diversidade existente na oferta formativa da ESEC, para que possam perspetivar as vossas vidas”, realçou o dirigente. Também Joana Fernandes, professora da ESEC, destacou a ligação das atividades desta semana aos 13 cursos de licenciatura ministrados por esta escola. Por essa razão, o programa inclui atividades que vão, por exemplo, dos Estúdios ESEC TV até ao Coimbra Night Runners, passando pela Animação Social ou pela Língua Gestual Portuguesa.

Ainda durante a receção, foi lançado um desafio aos estudantes: a apresentação de um espetáculo musical, no último dia desta academia. Para realizar essa tarefa, os estudantes foram divididos em dois grupos (Música e Teatro), sendo vários os momentos de ensaio existentes durante a semana. O primeiro destes momentos realiza-se hoje, depois de jantar. 


ESEC 7ESEC 8

Os ensaios de Teatro contam com a ajuda de dois estudantes da ESEC – Teo Chau e Juliana Almeida. “A nossa expectativa é que os participantes possam conhecer o trabalho que fazemos por cá”, explicou Juliana. Por outro lado, através de dinâmicas de grupo será possível “quebrar o gelo” e, reforça a estudante, desenvolver competências de comunicação – aquele que é o tema central desta academia

De resto, ao longo da experiência enquanto estudante do curso de Teatro, acrescenta Teo Chau, sente-se uma evolução nesse capítulo: “O constante trabalho em grupo obriga-nos a desenvolver comeptências e, por outro lado, funciona como uma motivação”. “É isso que queremos passar para os participantes da academia”, concordam os estudantes.

Do Estúdio ao Exterior

A primeira atividade passou pelo estúdio da ESEC TV, onde foi possível conhecer algumas das tecnologias utilizadas na produção do programa produzido semanalmente na RTP 2. Com a ajuda dos técnicos da ESEC TV, os estudantes puderam compreender a importância de soluções como o chromakey ou o teleponto.

A responsável que recebeu os participantes destacou que a ESEC TV está "aberta a estudantes de todos os cursos". Contudo, realçou, são sobretudo as licenciaturas de Comunicação Social, Língua Gestual Portuguesa e Comunicação e Design Multimédia que estão envolvidas na produção diária do canal. Os estudantes de Música participam ainda na criação do genérico.


ESEC 9ESEC 10

A tarde continuou com um passeio pela cidade de Coimbra, com o auxílio de estudantes do curso de Turismo. Uma das alunas da ESEC, Tamar Jacinto, explicou que o objetivo passou por “mostrar alguns dos locais emblemáticos da cidade”. Desta forma, o roteiro foi feito pela Alta Universitária, pelo Jardim Botânico e pelo Largo da Portagem, por exemplo.

Por outro lado, acrescentou Tamar Jacinto, este momento serviu também para os estudantes tirarem também algumas dúvidas sobre o prosseguimento de estudos, através da partilha de experiências. “Penso que o contacto direto facilita a explicação”, reforçou.

ESEC 18ESEC 17ESEC 15


Um refresco gastronómico

O passeio pela cidade terminou no Café Santa Cruz, onde alguns alunos de Gastronomia e Turismo dinamizaram uma prova de Crúzio e Cocktail. No local, os estudantes da ESEC partilharam a sua experiência de frequentar este curso – uma adição relativamente recente à oferta formativa da ESEC (2016).

De acordo com uma das estudantes presentes, Mirella Carvalho, uma das mais-valias deste curso é “a sua abrangência”, que se concretiza na ligação com o setor agrícola ou de produção animal, por exemplo. A ligação a outras áreas como Gestão e Economia e até Comunicação, acrescentou, permitem a esta licenciatura adequar-se a vários perfis.

ESEC 1ESEC 4

A mesma ideia foi destacada por um dos docentes da licenciatura, Luís Lavrador, ao salientar a variedade de saídas profissionais implicadas, sublinhando a oportunidade estratégica que esta formação representa. “Hoje, as empresas ligadas à área da gastronomia são obrigadas a integrar um quadro de excelência”, explicou o também chef de cozinha da Federação Portuguesa de Futebol, destacando ter sido neste contexto que a ESEC decidiu criar esta licenciatura “enquanto forma de dar um novo fôlego a uma área essencial para a economia do País”.

Também durante a ação, a coordenadora do curso de Turismo, Eugénia Devile, apresentou as principais características desta licenciatura. Para além da adequabiilidade às necessidades do mercado de trabalho e "do bom feedback dos alunos", a responsável destacou a preponderância da mobilidade internacional. "Este ano letivo, por exemplo, 32 estudantes já realizaram períodos de mobilidade no estrangeiro", revelou [o curso possui 62 vagas anuais], reforçando que "esta é também uma forma de fomentar o crescimento pessoal dos estudantes".  

As atividades da Academia I Love We continuam amanhã. Durante a manhã, será o Desporto e Lazer a ocupar lugar de destaque, com uma descida de canoa no Rio Mondego.