21 885 47 30 | geral@forum.pt

O Fundo de Apoio e Emergência Social (FAES) do Politécnico do Porto é uma iniciativa de apoio aos estudantes e de combate ao abandono escolar.

Já foram assinados os primeiros acordos de colaboração entre estudantes beneficiários do Fundo de Apoio e Emergência Social (FAES-P.PORTO) e o Politécnico do Porto. Na cerimónia estiveram presentes, além do Presidente do Politécnico do Porto, João Rocha, os membros do Conselho do Acompanhamento do FAES-P.PORTO — a Pró-Presidente Rosa Maria Rocha, com funções na área da Responsabilidade Social, o Administrador dos Serviços de Ação Social, Ivo Costa Santos, o representante dos estudantes e presidente da Associação de Estudantes do ISEP, Daniel Magalhães, e o representante dos mecenas e presidente da Comissão Executiva da Fundação Manuel António da Mota, Rui Pedroto — o Vice-Presidente, Henrique Curado, o Pró-Presidente Paulo Santos, e o representante do Mecenas Medidata, Paulo Cunha, assim como os estudantes beneficiários. Rosa Maria Rocha justificou a importância deste projeto sublinhando que "razões de fragilidade económicas não podem ser obstáculo a que os nossos estudantes prossigam os seus objetivos e obtenham as competências necessárias para entrar no mercado de trabalho".

O presidente referiu que a crescente problemática do abandono escolar do estudante economicamente carenciado é uma preocupação cada vez mais premente, destacando a forte mobilização das fundações, das empresas e da sociedade civil (funcionários docentes e não docentes) "que contribuíram para este fundo". "O desafio foi lançado e a sociedade civil disse presente!", frisa Rui Pedroto, na condição de mecenas. "Há uma crescente consciência cívica e social na missão do ensino superior", declara, asseverando ser uma honra apoiar esta grande Instituição, e o futuro destes estudantes: "É por vocês que estamos todos aqui."

Daniel Magalhães salientou, igualmente, a importância da criação do Fundo de Apoio e realçou a crescente consciência social e cívica, traduzida na forte adesão de mecenas a esta causa. Por fim, Paulo Cunha reforçou a importância da iniciativa e a “disponibilidade da Medidata para colaborar com o Politécnico do Porto, como, aliás, já vem acontecendo há alguns anos”. Nesta oportunidade, foram também assinados Protocolos de Mecenas com a Fundação Manuel António da Mota e a empresa Medidata. Este projeto insere-se num programa mais vasto de ações no âmbito da Responsabilidade Social do P.PORTO, tendo em vista contribuir, de forma decisiva, para uma formação integral de todos e de cada um dos seus estudantes.

Pub Huawey PSmart+
Pub Guia Prático Estudante 2019
Pub
Últimas - Financiamento
Financiamento
18 Julho 2019

Politécnico de Leiria, Nerlei e Cefamol revelam a atribuição de 53 bolsas por 39 empresas no ano letivo 2019/2020. Um dos principais objetivos passa por reter talento, afirmando a região. 

Financiamento
26 Junho 2019

Doutoradas com menos de 35 anos, no domínio das Ciências da Saúde, Engenharias e Tecnologias para a Saúde ou para o Ambiente podem concorrer até 16 de setembro. Há quatro medalhadas para atribuir no valor de 15 mil euros cada.

Financiamento
24 Junho 2019

A terceira edição do maior programa de inovação e empreendedorismo digital da Europa – European Innovation Academy (EIA) está quase a arrancar. Serão premiadas as ideais mais inovadoras de negócios.