21 885 47 30 | geral@forum.pt

A 30 de maio, a Porto Editora publica 'No Passado e no Futuro Estamos Todos Mortos, uma coleção de mais de 200 crónicas.

"É em homenagem contínua ao presente, à vida, que "não é a melhor coisa que temos: é a única", que este livro corre", explica a editora. Ao longo de mais de 200 crónicas, divididas por 11 capítulos, Miguel Esteves Cardoso (MEC) escreve sobre os tempos, os amores, as irritações e os prazeres. Tudo o que faz parte da vida.

"Nem sequer temos de escolher. Podemos viver sem querer saber. A vida não se pode desperdiçar: é sempre uma fortuna temporária, uma miséria irrepetível, o único momento da eternidade que é nosso", escreve no prefácio de 'No Passado e no Futuro Estamos Todos Mortos'. "Como é que a vida não é um milagre? Toda a vida de todos os seres vivos, sejam leveduras, papoilas, borboletas, leopardos, pessoas ou andorinhas. Sabemos como nascemos. Sabemos como morremos. Só nos resta viver", é outra das passagens do livro. 

Miguel Esteves Cardoso estará na Feira do Livro de Lisboa no dia 16 de junho, a partir das 15h30, para uma sessão de autógrafos integrada na programação do Espaço do Grupo Porto Editora, Autores que nos Unem.

mec dentro

Pub
Pub Guia Pós-Graduações 2019
Pub FCH_2019
Últimas - Livros
Livros
17 Julho 2019

No ano em que se assinalam os 500 anos da morte de Leonardo, Walter Isaacson narra com rigor e detalhe histórico as fascinantes vida e mente deste símbolo da Renascença.

Livros
16 Julho 2019

Um jovem escritor, José, é incumbido de escrever a vida do consagrado escritor, José. Este é o ponto de partida do livro que marca o regresso de José Luís Peixoto ao romance, quatro anos depois de Em Teu Ventre.

Livros
16 Julho 2019

Entre o nascimento e a morte no exílio, Amélia de Orleães viveu 86 anos repletos de momentos felizes, mas também de desilusões e traições, como se narra na nova obra de Margarida Durães.