21 885 47 30 | geral@forum.pt

A 11.ª edição do Heavy Rock Festival realiza-se 2 e 3 de julho. Passes Early-Bird à venda a 20 de Setembro, a partir das 10h00, em exclusivo na FNAC, a um preço especial de 70€, limitados a 1000 unidades.

Quinze anos após terem atuado pela última vez no nosso país, os System of a Down estão de regresso enquanto cabeças-de-cartaz, do VOA - Heavy Rock Festival, que se realiza a 2 e 3 de julho, no Estádio Nacional.

Depois de se terem estreado em Portugal, em 1998, como banda de “suporte” dos gigantes Slayer, e dos dois subsequentes regressos já em nome próprio, em 2002 e 2005, desta vez os quatro músicos norte-americanos de ascendência arménia encabeçam e são a primeira confirmação daquela que será a 11ª edição do festival.

Assim como muitas outras bandas de peso surgidas na reta final do Séc. XX, os System of a Down alcançaram o equilíbrio perfeito entre a fúria thrash dos 80's e a melodia do rock alternativo do início dos 90's, sendo que a toada sombria e neogótica do seu nu-metal ganhou um enorme culto numa altura em que o movimento estava em ebulição. Formado pelo vocalista Serj Tankian, pelo guitarrista Daron Malakian, pelo baixista Shavo Odadjian e pelo baterista John Dolmayan no sul da Califórnia, o quarteto ganhou rapidamente um grande número de seguidores em Los Angeles e, no final de 1997, assinou contrato com a American Recordings, propriedade do produtor/guru Rick Rubin. Editado no verão do ano seguinte, o álbum de estreia atirou-os para a estrada; primeiro ao lado dos Slayer, na Europa, e depois como parte do festival itinerante Ozzfest, nos EUA.

Com «System Of A Down» a valer-lhes a marca de ouro, em Setembro de 2001 o quarteto lançou o mais ambicioso «Toxicity», que arrumou de vez com a maior parte da competição e atingiu honras de multiplatina. Para muitos, quase duas décadas depois, continua a ser uma obra-prima e uma coisa é certa: temas como «Chop Suey!» e «Aerials» mudaram para todo o sempre a música de peso como era conhecida até então, graças à sua fusão de punk, metal, jazz e música tradicional arménia. Sempre politicamente ativos, mesmo com Malakian e Tankian ocupados com os seus projetos, o quarteto acabaria por manter-se na ribalta, lançando mais três discos a que ninguém pode apontar o dedo – «Steal This Album!» de 2002, seguidos de «Mezmerize» e «Hypnotize» três anos depois.

Surpreendentemente, o grupo entrou em hiato em 2006 e reuniu-se quatro anos depois. Desde então, têm-se apresentado ao vivo ocasionalmente e, apesar de não terem lançado material novo desde 2005, já venderam mais de 40 milhões de discos em todo o mundo. Dois dos seus singles de maior sucesso comercial, «Aerials» e «Hypnotize», chegaram a #1 da Billboard; «B.Y.O.B.», por seu lado, valeu-lhes um Grammy de Melhor Performance de Hard Rock. Resultado, com apenas cinco álbuns de estúdio na bagagem, três dos quais estrearam na posição cimeira da tabela de vendas americana, os SYSTEM OF A DOWN são hoje um dos nomes mais emblemáticos da sua geração e, deste regresso a Portugal, não se espera menos que uma noite para mais tarde recordar.

Os bilhetes para o evento custam 80€ (passes) e 50€ (bilhete diário), e vão ser postos à venda nos locais habituais, a partir de 23 de setembro, às 10h00.

Pub Lisboa Games Week
Pub Megafinalistas
Pub Glion2
Últimas - Música
Música
17 Outubro 2019

'A Beautiful Thing: IDLES Live at Le Bataclan', o primeiro disco ao vivo da banda punk britânica, tem edição a 6 de dezembro. Músicos já partilharam a faixa 'Mother'.

Música
16 Outubro 2019

A 25 de julho, músico regressa a Lisboa no âmbito da Here to Love Tour. Os bilhetes serão colocados à venda a 19 de outubro, nos pontos de venda oficiais, a partir das 10h00.

Música
14 Outubro 2019

A 17 e 18 de abril, a digressão mundial de “Manga” chega a duas das mais nobres salas do país após ter passado por cidades como Londres, Paris e Berlim.