21 885 47 30 | geral@forum.pt

O auditório da Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Viseu acolhe a 21 e 22 de junho do I Congresso Internacional Qualidade de Vida, Cidadania e Saúde Mental, iniciativa que inclui o V Congresso de Educação para a Saúde.

O evento - que surge no âmbito do projeto de investigação “MaiSaúde Mental | Monitorização e Avaliação dos Indicadores de Saúde Mental das Crianças e Adolescentes: Da investigação à Prática” - é organizado pela Escola Superior de Saúde de Viseu e Unidade de Investigação em Ciências da Saúde e da Educação do IPV, em articulação com as instituições parceiras, o Município de Viseu, o Instituto Politécnico da Guarda, o Centro Hospitalar Tondela-Viseu e o Agrupamento de Escolas Infante D. Henrique.  

O “I Congresso Internacional Qualidade de Vida, Cidadania e Saúde Mental” conta com a participação de individualidades internacionais de reconhecido mérito científico e tem como principal propósito estimular o desenvolvimento do conhecimento científico, promovendo a partilha e a reflexão sobre desafios e práticas promotoras da saúde mental, qualidade de vida e cidadania.

O programa científico desenvolve-se em torno de seis grandes temáticas: Comunicação Social – Agente Promotor de Cidadania e Saúde Mental; Escola e Comunidade – Sinergia Promotora de Saúde Mental; Políticas de Cidadania e Saúde Mental; O Cérebro e as Emoções – Implicações na Saúde Mental; Família no Mundo Atual – Diversidade Cultural, Tendências e Desafios, e Neuro-Educação e Saúde Mental.

A organização tem como objetivos "promover a saúde mental e a cidadania como um valor cívico, cultural e social a preservar; facilitar o conhecimento e intercâmbio internacional de experiências e investigações entre agentes do espectro da Saúde e da Educação no âmbito da Saúde Mental, Qualidade de Vida e Cidadania; contribuir para a construção de respostas educativas e socais adequadas às áreas prioritárias de intervenção no âmbito da saúde definidas pela OMS; divulgar modelos de intervenção em Educação para a Saúde que promovam a melhoria do estado de saúde global em crianças e adolescentes, e promover a divulgação de artigos científicos, como fundamento de uma prática baseada na melhor evidência científica". As inscrições encontram-se abertas até ao dia 14 de junho

Pub FCH_2019
Pub Guia Prático Estudante 2019
Pub Guia Pós-Graduações 2019
Últimas - Eventos
Eventos
17 Julho 2019

O Instituto Politécnico de Setúbal estará mais uma vez presente no evento que, este ano, decorre entre 20 de julho e 4 de agosto, no Parque Santiago (Manteigadas).

Eventos
16 Julho 2019

O IADE – Faculdade de Design, Tecnologia e Comunicação da Universidade Europeia organiza, a 17 de julho, a 1.ª mostra de jogos criados por estudantes universitários. Entre as 14h e as 20h, no Campus de Santos (Lisboa)

Eventos
28 Junho 2019

O Politécnico de Lisboa é co-organizador do XXIX Encontro da Associação das Universidades de Língua Portuguesa, que se realiza entre 3 a 5 de julho de 2019.

A iniciativa conta com as presenças do secretário de Estado do Ensino Superior, João Sobrinho Teixeira, e do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, entre outras figuras do meio académico dos PALOP. O evento decorre no Campus de Benfica do IPL, na Escola Superior de Música de Lisboa, e tem como tema Arte e Cultura na Identidade dos Povos, subtemas: Arte e Cultura; Saúde e Tecnologia; Educação e Coesão Social e Comunicação e Política, num total de 120 comunicações.  

Para Elmano Margato, presidente do Politécnico de Lisboa, “tendo o IPL a internacionalização como um dos seus eixos estratégicos, é quase obrigatório apostarmos na realização deste encontro também para a avaliação de novas parcerias e acordos de cooperação com instituições de países presentes". Do programa do encontro fazem parte sessões paralelas nas quais participam também docentes do Politécnico de Lisboa, assim como vários momentos culturais que mostram aos participantes o potencial das Escolas Artísticas de Música, Dança e Teatro e Cinema.  

Durante o Encontro será ainda entregue o Prémio Fernão Mendes Pinto, que distingue uma dissertação de mestrado ou doutoramento que contribua para a aproximação das comunidades de língua portuguesa, defendida durante o ano civil anterior. O valor do Prémio Fernão Mendes Pinto é de oito mil euros a atribuir numa parceria conjunta entre a AULP e a Comunidade os Países de Língua Portuguesa ao autor premiado e cuja publicação será da responsabilidade do Instituto Camões.

A AULP- ONG internacional que promove a cooperação entre Universidades e Institutos Superiores, com mais de 130 membros dos oito países de língua oficial portuguesa (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor e Macau). A sua missão é facilitar a comunicação entre os membros em prol do desenvolvimento coletivo do ensino e da língua portuguesa no mundo. Tem ainda um importante papel na dinamização da rede de universidades de língua portuguesa em valorizar as diversas culturas, aproximar as dinâmicas científicas, multiplicar os intercâmbios nos domínios do ensino e da investigação científica, consolidar as parcerias estratégicas e ampliar o papel da língua portuguesa como animador qualificado desta comunidade.

É atualmente presidida por Orlando da Mata, reitor da Universidade Mandume Ya Ndemufayo, no Lubango, Angola. Além deste encontro a AULP é responsável por várias iniciativas das quais se destacam o Prémio Fernão Mendes Pinto; a Revista Internacional em Língua Portuguesa (RILP); e o Observador Consultivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Muito recentemente a AULP criou o Programa Mobilidade AULP para o intercâmbio de alunos entre instituições dos países de língua oficial portuguesa e Macau (RAEM). O programa arrancou com 66 instituições de ensino superior dos RAEM e China.