21 885 47 30 | geral@forum.pt

Em 2019, a Companhia Paulo Ribeiro apresenta duas estreias absolutas na programação dos 20 anos do teatro em Viseu. A primeira é apresentada já a 25 e 26 de janeiro.

A segunda será uma coreografia de António Cabrita e São Castro com data de apresentação marcada para a rentrée em setembro.

Nos 20 anos do Teatro Viriato (Viseu), Luiz Antunes – a convite da Companhia Paulo Ribeiro e, em colaboração com António Cabrita e São Castro – apresenta, em estreia absoluta, a 25 e 26 de janeiro, às 21h30, 'Todos, Alguém, Qualquer Um, Ninguém', uma peça sobre o acontecimento, enquanto ação contínua com diferentes intenções e velocidades, que se reflete na vida de cada um e é interpretado distintivamente.

No palco, a interpretação é de Ana Moreno, Guilherme Leal, Joana Lopes, Ma?gorzata Su?, Rafael Oliveira e Ricardo Machado. Seis figuras em cena que, entre o lento e a explosão, geradora do que é acontecer, viajam por momentos de solidão, de raiva, de julgamentos sumariamente físicos, brutos carregados de novos dogmas, de novas formas de moralismos. 'Todos, Alguém, Qualquer Um, Ninguém' resulta de uma encomenda do Teatro Viriato à Companhia Paulo Ribeiro, companhia residente desde 1999, para a criação de um espetáculo que retratasse os acontecimentos marcantes das últimas duas décadas. Já o convite da direção artística da Companhia Paulo Ribeiro, António Cabrita e São Castro a Luiz Antunes enquadra-se num dos eixos de ação da própria Companhia de diversificação da sua identidade e linguagem criativa e artística.   

Esta será uma das duas estreias que a Companhia Paulo Ribeiro apresentará na programação para 2019 do Teatro Viriato. Na rentrée em setembro (19 e 20), será a vez dos coreógrafos e diretores artísticos da Companhia Paulo Ribeiro, António Cabrita e São Castro estrearem 'Last', uma coreografia para uma partitura de Beethoven, com a participação ao vivo do Quarteto de Cordas de Matosinhos. 

Pub Futurália
Pub Opto
Pub Glion
Últimas - Artes
Artes
18 Março 2019

Depois de ter estado patente, durante mais de 10 meses, no Museu de Arte Popular, em Lisboa, a exposição retrospetiva dedicada ao artista holandês M. C. Escher está à tua espera no Centro de Congressos da Alfândega do Porto.

Artes
13 Março 2019

Igor Gandra apresenta 'Olo: Um Solo Sobre Um Solo', entre 21 e 23 de março, na Sala do Tribunal deste monumento do Porto.  

Artes
06 Março 2019

Durante três dias, estiveram reunidos quase 100 jovens na Nova School of Business and Economics para dar a conhecer os projetos que arrecadaram prémios de valor monetário de 5000€.