Os jovens – com idades entre os 17 e os 20 anos – através da visita ao campo e fábrica da empresa Vitacress, líder na Europa na produção e comercialização de saladas de folhas "jovens e inteiras", puderam ter contacto com um sistema e forma de produção diferentes.

Professores e alunos da escola SEK Epanomhs, de Salónica, ficaram ainda a conhecer os sistemas de rega, embalamento e logística utilizados.

A avaliação final feita pelos jovens foi de “Muito Bom”, que salientaram o facto de poderem ter tido o privilégio de observar “todo o processo de fabrico das diferentes espécies, lavagem e embalamento”, incluindo as práticas de higiene.

mesclum_vitacress_2008-21

Para além da Vitacress, situada em Odemira, o grupo visitou outras empresas e instituições da região do litoral alentejano, onde ficará durante 15 dias, ao longo dos quais terá a oportunidade de entender melhor a realidade portuguesa no que diz respeito tanto à produção agrícola e horto-frutícola, como às melhores práticas.

Este projecto realiza-se ao abrigo do programa europeu Leonardo Da Vinci, estando introduzido no ALV (Programa de Aprendizagem ao Longo da Vida), através do qual pretende contribuir para o desenvolvimento da União Europeia enquanto sociedade baseada no conhecimento, caracterizada por um crescimento económico sustentável, com uma maior quantidade e qualidade de empregos como também uma maior união social, actuando em conjunto para uma adequada protecção do ambiente, tendo em consideração as gerações futuras.

Esta foi uma experiência bastante gratificante para a Vitacress, permitindo dar a conhecer os métodos de produção e trabalho que os tornou na empresa que lidera a nível europeu, a produção e comercialização de saladas baby leaf. Foi também importante na perspectiva de “employer branding”, dando assim a conhecer a empresa como potencial futuro empregador a estes jovens.

Podes sempre visitar www.vitacress.com