O Pet Festival – Festival da Família e dos Animais de Companhia já tem data marcada para 2020: de 31 de Janeiro a 2 de Fevereiro, a FIL volta a ser o ponto de encontro dos amantes de pets. Para a 9ª edição, a organização escolheu um tema que pretende consciencializar os visitantes para as práticas de conservação e preservação adoptadas pelos expositores do evento, ao nível de todas as espécies e raças.

Exemplo disso é o trabalho desenvolvido pelo CPC - Clube Português de Canicultura na promoção e divulgação das raças portuguesas. Em 2020, o CPC volta a participar no Pet Festival com um programa inteiramente dedicado às raças nacionais, com os clubes de raça presentes no evento. Desta forma, os visitantes poderão ficar a conhecer raças para muito desconhecidas e que enfrentam, actualmente, problemas de extinção. As raças portuguesas não estão “na moda” e o Pet Festival serve, assim, de palco para a divulgação das mesmas aos cerca de 40.000 visitantes esperados durante os três dias do evento.

Também a Mirmex, que se dedica ao estudo das formigas e que apresenta no Pet Festival, pelo segundo ano, o formigário didático, tem como objectivo dar a conhecer o seu projeto de conservação e preservação de algumas espécies de formigas, que necessitam de ser preservadas pelo impacto positivo que têm no ecossistema do planeta.

 pet

Uma das novidades para a edição de 2020 é a presença da Ratz Fórum, um projecto criado por Mariana Flores, que pretende dar a conhecer a ratazana doméstica enquanto animal de companhia. Esta comunidade portuguesa sobre a ratazana doméstica pretende desmistificar o preconceito em relação a este animal e informar o público sobre as características que tornam as ratazanas domésticas animais de companhia únicos.

O Passeio dos Exóticos e a Quinta Pedagógica serão remodelados, a nível de conceito e decoração envolvente, de forma a proporcionar uma relação de mais proximidade entre os visitantes e estas espécies – répteis e animais de quinta. Assim, serão dinamizadas acções de auditório explicativas sobre determinadas espécies, de forma a dar a consciencializar o público para o trabalho desenvolvido por lojas e empresas na preservação e conservação das espécies,
muitas delas já extintas se não fosse a criação em cativeiro. O objectivo com a escolha deste tema e a introdução de novidades reflecte o posicionamento
adoptado pelo evento.

O Pet Festival 2020 volta a ocupar dois pavilhões da FIL, com a presença de marcas de alimentação animal, lojas e áreas temáticas como a Vila do Cão, com multi-raças, com o apoio da DOGS PT Magazine, a exposição internacional de Felinicultura, organizada pelo Clube Português de Felinicultura, um ring de demonstrações de várias modalidades desportivas, aberto à participação dos visitantes, dinamizado pela escola de treino canino No Stress, o espaço da Animalife, com dezenas de associações de resgate animal, onde se promove uma adoção responsável e consciente, um auditório com programação variada, um espaço Grooming, dinamizado em parceria com Carlos Alves, groomer português premiado internacionalmente; o espaço de répteis e pequenos mamíferos, o espaço de aquariofilia, o templo das aves, com o apoio do Clube Ornitológico Almadense, um Dog Park/Playground, onde os animais poderão brincar livremente, e ainda uma zona de piquenique, conjugada com a Quinta Pedagógica, onde se encontram os animais de quinta.

O Pet Festival é reconhecido como maior evento de animais de companhia do país, reunindo, anualmente, cerca de 40.000 visitantes. Na 9ª edição, o horário sofreu alterações: o Pet Festival estará aberto na sexta-feira, dia 31, das 10h00 às 23h00, no sábado, dia 1, das 10h00 às 23h00 e no domingo, dia 2, das 10h00 às 20h00.Pet

Pin It