21 885 47 30 | geral@forum.pt

Com quase 90 anos, Carry Ulreich decidiu publicar o diário que manteve quando esteve escondida dos nazis. "De Noite  Sonho com a Paz" é conhecido como "O Diário de Anne Frank" com um final feliz.

Após a Segunda Guerra Mundial, foram vários os diários que se descobriram. O mais famoso foi sem dúvida o de Anne Frank, que ainda hoje fascina os leitores. À semelhança de Anne, Carry Ulreich era também uma jovem adolescente holandesa, judia, que teve de se esconder durante a ocupação nazi. A sua história teve, contudo, um final diferente. Carry e a sua famíla – mãe, pai e irmã mais velha – sobreviveram ao horror da guerra e só recentemente Carry decidiu avançar com a publicação deste De noite sonho com a paz, que chega às livrarias portuguesas a 11 de abril .

De Noite Sonho com a Paz" é, por um lado, um documento histórico sobre a cidade de Roterdão – onde a família vivia – , a sua ocupação e destruição, mas também um registo dos costumes judaicos, um diário da clandestinidade e, claro, o diário típico de uma adolescente que, entre os 14 e os 18 anos, divaga sobre as suas paixões, ambições e incertezas.

Neste diário, que vai de 1941 a 1945, Carry narra episódios da progressiva perseguição aos judeus, da vida escondida no seio da família católica Zijlmans e, por fim, da desejada libertação. Um livro realista e comovente que inclui fotografias da época, bem como um prefácio e enquadramento histórico de Bart Wallet: «O que significava crescer como uma judia adolescente durante este período? O diário de Carry Ulreich mostra-o de uma maneira despretensiosa e impressionante. Através do seu relato minucioso e de um olhar agudo para avaliar emoções pessoais, o leitor participa numa luta diária pela sobrevivência.»

Pub FCH_2019
Pub IPSantarem
Pub ENEGI2019
Últimas - Livros
Livros
17 Setembro 2019

De entrada gratuita, as sessões do próximo semestre integram textos de uma vasta seleção promovida pelo Comité Português da EURODRAM

Livros
16 Setembro 2019

Cerca de 300 anos depois do nascimento do mais relevante filósofo do Iluminismo, Andrew S. Curran conta-nos com entusiasmo a história da vida de Diderot e também as das suas últimas obras-primas, desconhecidas na sua época e escritas para a posteridade

Livros
16 Setembro 2019

Paulo José Miranda, autor vencedor, entre outros, do Prémio José Saramago, dá continuidade à coleção Biografias de Grandes Figuras da Cultura Portuguesa Contemporânea, da Contraponto, ao apresentar 'A Morte não É Prioritária – Biografia de Manoel de Oliveira'.