21 885 47 30 | geral@forum.pt

União em torno de uma estratégia para adaptar a agricultura e as florestas às alterações climáticas e mitigar os seus efeitos.

O Instituto Politécnico de Coimbra (IPC), através da sua Escola Superior Agrária (ESAC), integra o Centro Nacional de Competências para as Alterações Climáticas do Sector Agroflorestal (CNCACSA), formalmente constituído no passado dia 11 de setembro, no INIAV, em Elvas.

O CNCACSA tem como missão a Inovação, o Desenvolvimento e a Investigação para identificar a descrição dos cenários climáticos no país, avaliação da capacidade de resposta e da vulnerabilidade das alterações climáticas e para avaliar medidas de mitigação e adaptação perante a necessidade de garantir a sustentabilidade da agricultura e floresta portuguesa, nas vertentes produtivas, ambientais e sociais. Outra das suas missões é contribuir fortemente para que Portugal atinja o objetivo de neutralidade carbónica até 2050, num contexto de uma transição justa e coesa, que valorize o território, crie riqueza, promova o emprego e contribua para elevar os padrões de qualidade de vida no país, competindo-lhe ainda a disseminação de informação sobre as medidas de mitigação e adaptação desenvolvidas e avaliadas, para que as mesmas cheguem com maior facilidade a todos os agentes do sector agroflorestal.

Além das 13 entidades gestoras (ANPROMIS – Associação Nacional dos Produtores de Milho e Sorgo; ANPOC – Associação Nacional dos Produtores de Oleaginosas, Cereais e Proteaginosas; ADVID - Associação Desenvolvimento da Viticultura Duriense; FENAREG - Federação Nacional dos Regantes de Portugal; FNOP – Federação Nacional das Organizações de Produtores de Frutas e Hortícolas; UNAC – União da Floresta Mediterrânica; Município de Elvas; APA – Agência Portuguesa do Ambiente; DGADR – Direção Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural; GPP – Gabinete de Planeamento e Políticas; ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas; INIAV – Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária e IPMA – Instituto Português do Mar e da Atmosfera), o CNCACSA conta com a parceria de 40 outras entidades representativas de todo o setor agroflorestal nacional.

Presente no evento "Alterações Climáticas Que desafios para o Sector Agroflorestal Nacional?", no contexto do qual homologou o Protocolo de Constituição e Funcionamento do Centro, o Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural , Luís Capoulas Santos, reconheceu a importância de tantas entidades se unirem na procura de soluções para o problema das alterações climáticas e afirmou que “o investimento no regadio e no uso eficiente da água cria condições para que a agricultura seja competitiva e sustentável”.

Para Manuel Heitor, Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, que marcou presença na sessão de abertura do evento, “este Centro de Competências é uma resposta clara de Portugal ao apelo da OCDE para a implementação de um processo de inovação institucional, com novos arranjos colaborativos entre entidades públicas e privadas, para um verdadeiro compromisso entre as questões económicas e ambientais”. O Plano de Ação para este Centro de Competências será definido nos próximos meses.

Pub Lisboa Games Week
Pub Megafinalistas
Pub Glion2
Últimas - ReDescobrir a Terra
ReDescobrir a Terra
18 Outubro 2019

Escola Superior Agrária do Politécnico de Coimbra (ESAC-IPC) leva a cabo a 3.ª edição deste curso de curta duração.

ReDescobrir a Terra
16 Outubro 2019

O projeto AgroGrIN Tech, da Escola Superior de Biotecnologia (ESB) da Universidade Católica Portuguesa, no Porto, acaba de vencer o concurso Born From Knowledge Ideas, uma iniciativa da Agência Nacional de Inovação.

ReDescobrir a Terra
14 Outubro 2019

IPAM venceu a 8.ª edição do Concurso Universitário e Politécnico da Confederação dos Agricultores de Portugal – “Cultiva o teu Futuro” desenvolvendo um produto inovador no sector da apicultura que promove o aumento do consumo de mel.