21 885 47 30 | geral@forum.pt

A Galileu, empresa especialista em formação profissionalizante, passou a disponibilizar aos seus formandos de carreiras profissionais um cartão internacional de estudante: o Internation Student Identity Card (ISIC).

 

Trata-se do "único cartão de estudante que é reconhecido internacionalmente", frisam os responsáveis deste projeto. O ISIC é válido para os estudantes em cursos de longa duração com cargas mínimas de 15 horas semanais ou de 12 semanas por ano. Foi desenvolvido para “proporcionar o entendimento cultural e intercâmbio internacional entre os estudantes”, segundo explicam os seus mentores.

Originalmente, o cartão só proporcionava acesso a descontos exclusivos em viagens, permitindo aos alunos portadores a experiência de conhecer outros países, desfrutar de novas culturas e novas línguas. Atualmente, para além das vantagens associadas às viagens, o cartão ISIC permite acesso a mais de 150 mil produtos, serviços e experiências em mais de 130 países, através de parcerias por todo o mundo. O cartão pode ser adquirido nos centros de formação da Galileu em Lisboa, Aveiro e Porto.

Pub Glion2
Pub FINDE_U
Pub Megafinalistas
Últimas - Mobilidade
Mobilidade
10 Outubro 2019

O Instituto Politécnico de Setúbal foi palco da assinatura de um memorando de entendimento que marca o nascimento da Aliança de Cooperação Escola-Empresa da Oficina Lu Ban Portuguesa, encetando uma nova fase na vida desta oficina tecnológica, inaugurada em dezembro de 2018 no âmbito de uma parceria com o Governo da província chinesa de Tianjin.

Mobilidade
08 Outubro 2019

Quatro alunos da Escola Profissional de Engenharia Elétrica e Tecnologias de Informação Heinrich Emanuel Merck, em Darmstadt (Alemanha), estão a realizar um estágio profissional de 3 semanas na Câmara Municipal de Lagoa, cno âmbito do projeto Erasmus + «KA1 – Projeto de Mobilidade Individual para fins de Aprendizagem».

Mobilidade
30 Setembro 2019

No âmbito da sua estratégia de internacionalização, o ISEG tem vindo a captar cada vez mais professores e alunos estrangeiros, que constituem cerca de 20% do número total de estudantes.