Que fiquem no Turismo, que estudem Turismo, que trabalhem no Turismo”. Eis os votos das Escolas do Turismo de Portugal, na voz do seu Diretor do Departamento de Dinamização Escolar e Cooperação Internacional. O objetivo da Tourism Academy, que hoje arranca em Faro, é então, não só mostrar a estes estudantes os encantos da região algarvia, mas sobretudo “cativá-los” para este setor tão determinante na economia nacional, confessaria Paulo Revés na sessão de abertura desta iniciativa.

Durante 6 dias e de forma totalmente gratuita, 50 alunos do Ensino Secundário, oriundos de diferentes pontos do País e representando distintas áreas formativas, terão assim oportunidade de conhecer mais sobre aquela atividade em geral e em particular (através das suas muitas variantes), para que este grupo de jovens possa “ganhar o bichinho do Turismo”, nas palavras de Daniel Queirós, Chefe de Divisão de Promoção Turística da Câmara Municipal de Faro. “Quando era jovem não existiam tais oportunidades”, comentou o edil, como quem aconselha que aproveitem ao máximo esta experiência única. “O Turismo são sonhos” e o importante é “dar a conhecer a região e sorrir”, sublinhou.

DSCN8881

 

“Esta semana vai passar a correr”, avisou por sua vez José Maria Archer, em representação da Forum Estudante, uma revista “há 27 anos a fazer futuros”, no sentido em que aponta aos jovens as múltiplas hipóteses académicas e as respetivas vantagens. “Este é um dos setores mais importantes”, frisou sobre o Turismo, uma atividade que no Algarve tantas famílias emprega.

O primeiro ponto da agenda desta academia - cuja programação foi pensada “com os olhos de quem ainda não conhece o que fazemos”, conforme explicou a diretora da Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve (EHTA) - foi precisamente uma visita guiada pelos recantos desta instituição de ensino que, desde 1995, está instalada no antigo Convento São Francisco entretanto alvo de obras de restauro e adaptação da autoria do Arquiteto Carrilho da Graça. “É um gosto ter-vos cá. Este é um desafio que aceitámos de bom grado em parceria com a Forum Estudante para fazer desta academia um projeto dedicado à juventude e à formação”, explicou Paula Vicente sobre aquela que é a segunda edição da Tourism Academy, depois da experiência no verão passado em Lamego. Em Faro, para que nos sentíssemos de imediato em casa, ficámos a conhecer cada esquina: da cozinha à residência escolar (onde a comitiva pernoitará até sábado), do auditório ao refeitório, biblioteca, bares e claustros. Locais onde há tanto aulas práticas como teóricas, e tudo ao serviço de “uma formação criativa, de nível internacional, idêntico ao que de melhor se faz lá fora”, contou-nos de passagem pela “sua” cozinha o chef Abílio.

800 6

 

DSCN8963

De facto, não só aqui mas também nas restantes 11 Escolas do Turismo de Portugal, a excelência é um lema ou não pretendessem elas ser “o pilar público para a qualidade do serviço no Turismo”. Atenção: Estas escolas não estão sob a tutela do Ministério da Educação mas sim no Ministério da Economia, “o que mostra bem a importância dada a este setor”, conforme sublinhou a diretora da EHTA. Apesar de aqui, no Algarve, para além da escola de Faro fundada em 1967 também existirem “delegações” em Portimão e em Vila Real de Santo António, “as escolas não são todas iguais”. O que é comum é a formação contínua, sempre em atualização. “Não pensem na formação como algo estanque, mas em algo que deve ser feito ao longo da vida, pois neste setor as coisas transformam-se muito rapidamente”, avisou Paula Vicente.

DSCN8973

 

Esta escola aposta na Formação Inicial de Jovens (para quem tem o 9.º ano) na tipologia de dupla-certificação, nas áreas de Cozinha/Pastelaria, Restauração e Bebidas e Operações Turísticas e Hoteleiras. Realiza igualmente cursos de Especialização Tecnológica (para quem tem o 12.º ano) nas áreas de Gestão e Produção de Cozinha, Gestão e Produção Pastelaria, Restauração e Bebidas, Gestão Hoteleira em Alojamento, Gestão de Turismo e Turismo de Natureza e Aventura.

No próximo ano letivo, com candidaturas online a decorrer até 18 de julho, os valores da inscrição e da matrícula baixaram. Também pela primeira vez os alunos dos cursos de nível 4, por ainda estarem a cumprir a escolaridade obrigatória, não pagarão propinas, algo há muito desejado pelos responsáveis. A candidatura implica provas escritas (português e inglês) e uma entrevista presencial. O welcome day será a 27 de setembro e o arranque das aulas a 1 de outubro. O Hotel de Aplicação, com 14 quartos, encontra-se aberto todo o ano, permitindo aos alunos realizarem em ambiente real, todas as tarefas inerentes ao setor turístico. Na EHTA há uma grande preocupação com as questões da empregabilidade dos seus formandos que, 6 meses após a conclusão dos estudos, ronda os 98%. 

DSCN8989
100% de likes dos jovens eleitos para participar nesta Tourism Academy teve a visita guiada por um técnico do Museu Municipal de Faro ao centro da cidade, visitando importantes marcos do centro histórico, como o Arco da Vila, a Sé, o Convento e outros símbolos das influências romana, árabe e cristã. “Uma visita importante para conhecer um pouco da nossa história, de onde viemos e para onde vamos. Seria imperdoável perdermos esta oportunidade”, diz Paula Vicente. Certo. É também para isso que cá estaremos nos próximos dias.

66257394 2301403566603724 2048329663637356544 n

Pin It