A exposição este ano reúne mais de 500 artistas de 14 nacionalidades para viver a arte em Vila Nova de Gaia e em outros oitos polos situados em várias cidades como Braga, Estremoz, Gondomar, Monção, Seia e Viana do Castelo chegando pela primeira vez a Espanha.  A Bienal estende-se também à Casa-Museu Teixeira Lopes - Galerias Diogo de Macedo e ao Mosteiro de São Salvador de Grijó, que acolhe, a partir de 12 de julho, a exposição “Missio/Missão”, com curadoria do Cónego António Coelho e Bruno Marques, a qual integra mais de 50 artistas.

Ao longo dos 2.600m2 de área dos dois pavilhões da antiga Companhia de Fiação de Crestuma poderás encontrar exposições individuais de pintura. Em paralelo somam-se outras iniciativas como rótulos artísticos em garrafas de vinho (Coleção Especial Santa Marta) ou em garrafas de água (Coleção Especial Águas de Gaia) que levam até à comunidade a arte criada pela e para a cidade.

Esta terceira edição integra ainda a exposição decorrente do Concurso Internacional que contou com 222 artistas de 13 nacionalidades, dos quais foram selecionados 89 candidatos ao Grande Prémio da Bienal, ao Prémio de Escultura Zulmiro de Carvalho e ao Prémio Águas de Gaia.

Consulte toda a programação AQUI

Pin It