Produzido com material inédito e entrevistas exclusivas a atuais funcionários e antigos trabalhadores da empresa, o documentário de investigação “As Mentiras do Facebook” aborda os recentes escândalos sobre a proliferação das “fake news” e dos discursos de ódio, o envolvimento em processos eleitorais e a filtração e a falta de proteção de dados de milhões de utilizadores.

A partir do quarto de Mark Zuckerberg em Harvard, com o objetivo de criar um mundo hiper-conectado desenhou-se uma trajetória meteórica, com constante procura pelo crescimento, receitas e novos utilizadores que transformaram o Facebook numa rede de vigilância, numa super potência mundial e no ator principal de movimentos sociais e eleições de todo o mundo. Será o Facebook é mais prejudicial do que útil?

Para Brian Lowry, jornalista da CNN, o trabalho de investigação “As Mentiras do Facebook”, “documenta meticulosamente o crescimento explosivo do Facebook e vai para lá da preocupação da manipulação das eleições norte-americanas, a filtração massiva de dados dos utilizadores, ou a forma como o Facebook foi transformado numa arma no estrangeiro. Tanto para a sociedade como para a empresa vale a pena clicar em Gosto”.

Neste documentário com estreia inédita em Portugal, o Odisseia lança um olhar oportuno e revelador às advertências, negações e consequências imprevistas que acompanharam o crescimento do Facebook.

Pin It