No passado fim-de-semana, o automobilista Miguel Faísca alcançou um marco importante para o automobilismo nacional.

Depois de vencer a GT Academy 2013, organizada pela PlayStation e pela Nissan, Miguel Faísca venceu as 24 Horas do Dubai na classe SP2 ao volante do Nissan 370Z, tornando-se assim no primeiro piloto nacional a subir ao primeiro lugar do pódio de uma das mais emblemáticas provas de automobilismo internacional.

Para o piloto português, esta vitória "é verdadeiramente espetacular! Vencer na estreia internacional é incrível e nunca imaginei que isso fosse possível. Todos fizeram um excelente trabalho, dos pilotos, aos mecânicos, a todos os elementos da equipa. E o Nissan 370Z resistiu a tudo. Um automóvel com uma preparação limitada, que praticamente não teve problemas e que deixou o mais direto adversário (um Mosler MT900 GT3) a 25 voltas. No fundo, era difícil ter corrido melhor"

Para Miguel Faísca, o segredo do sucesso alcançado vem de diversos fatores, como: "a consistência de todos os pilotos, a experiência e os conselhos do Lucas Ordoñez, o profissionalismo de todos os elementos da equipa e, claro, o Nissan 370Z, que não sendo o mais rápido em pista, foi claramente o mais fiável. Mas julgo que a estratégia escolhida pela equipa, de só fazer a mudança dos pneus depois de dois turnos de condução, também foi determinante para o resultado alcançado, pois perdemos muito menos tempo do que os adversários nas boxes".

{module Always On}

{module Pub}

Pin It