De acordo com a Bee Engineering, de forma a responder ao elevado número de desafios de transformação digital, a empresa irá contratar mais de 100 colaboradores, durante o ano de 2020. Deste grupo, serão contratados "pelo menos 20 recém-formados no primeiro semestre". 

Estas contratações serão realizadas através do Programa 360º de desenvolvimento e seleção de talento, que procura "selecionar pessoas para o setor da inovação e tecnologia com base na sua competência, independentemente da sua idade, género, país de origem ou incapacidades físicas".

No âmbito deste programa, são postas em prática pela Bee Engineering ações com alunos do ensino secundário ou profissional que incluem estágios e apoio ao PAPTICe (Concurso Nacional de PAP), por exemplo. Academias, estágios de verão ou presenças em faculdades são outras das iniciativas incluídas. 

Em 2020, destaca a consultora, o programa será reforçado com mais presenças em faculdades com Workshops tecnológicos, mais academias internas de ativação de talento e com a introdução de uma iniciativa requalificação profissional. 

Segundo o diretor executivo da Bee Engineering, José Leal e Silva, a capacitação de competências na área das Tecnologias de Informação no mercado nacional exige a conjugação de "diversas estratégias que trazem à empresa a capacidade de reforçar os seus quadros".

Esta abrangência, acrescenta, garante a solidez necessária para a criação de emprego e formação continuada dos nossos quadros, "dando seguimento ao excelente ensino que é feito nas faculdades Portuguesas”

 

Bee Engineering

Esta abrangência, acrescenta, garante a solidez necessária para a criação de emprego e formação continuada dos nossos quadros, "dando seguimento ao excelente ensino que é feito nas faculdades Portuguesas”

Pin It