O primeiro passo dado na criação das Bolsas Santander + Perto foi a celebração de uma parceria com a Residência Livensa Living Porto Campus. O resultado são 40 bolsas, "correspondentes a 40 camas em quarto duplo, e que serão comparticipadas por cada aluno por 100€ por mês". O Santander informa ainda que o programa poderá ser alargado a outras cidades, "após avaliação e cumprimento dos objetivos definidos". 

As candidaturas a este projeto-piloto decorrem até 16 de setembro em https://www.bolsas-santander.com/es/program/santander-maisperto e dirigem-se a todos os estudantes com nacionalidade portuguesa, entre os 17 e os 23 anos, inscritos numa licenciatura ou mestrado integrado de qualquer área de estudo numa instituição de Ensino Superior do distrito do Porto.

 

 

Na seleção dos candidatos, será dada maior preponderância "aos estudantes em condições socioeconómicas mais desfavorecidas, valorizando ainda os critérios de meritocracia e distância geográfica", avança o Santander, em comunicado. 

Através do lançamento destas bolsas, acrescenta a mesma fonte, pretende-se "colmatar a falta de alojamentos disponíveis e a preços acessíveis para quem estuda nas Universidades e Politécnicos portugueses, sobretudo nos grandes centros urbanos"

Pin It